https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/09/conselheiro-antonio-joaquim-e1505407538239.jpg

ANTONIO JOAQUIM

Partido de Carlos Bezerra aposta no presidente do TCE para 2018

Assessoria

O prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) afirmou que não deve deixar o comando da Prefeitura de Cuiabá em 2018 para concorrer na eleição estadual.

O gestor explicou que firmou um compromisso com a população de permanecer durante os quatro anos no comando da cidade e ressaltou que o a partido tem grandes nomes e uma boa estrutura para concorrer até ao Governo do Estado.

Entre os nomes cogitados para disputar a vaga no Palácio Paiaguás estaria o do presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), conselheiro Antônio Joaquim.

“Eu sou prefeito para quatro anos, esse é meu compromisso e não tenho nenhuma intenção de deixar a prefeitura em 2018. O Antônio Joaquim é um grande nome, acho até que um nome com experiência, conhecimento e o porte político que faz falta na vida política mato-grossense. Espero que se filie ao PMDB para construirmos um projeto de candidatura própria e vamos discutir isso com o partido”.

Apesar da imagem da sigla estar desgastada após a prisão do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), o peemedebista explicou que a legenda continua forte e vem se reestruturando em nível estadual e nacional.

“Partido não comete crimes, quem supostamente comete são as pessoas que estão no partido e elas vão ser investigadas dentro do processo legal. Se for culpada, vai pagar no rigor da lei. O PMDB é uma instituição, o maior e mais tradicional partido brasileiro. Nós somos passageiros, já ele é uma bandeira democrática que fica. Temos muitos quadros bons, o partido se recicla, elegeu vários prefeitos, é um partido que está sabendo se reestruturar. Tanto que elegeu o prefeito de Cuiabá”, disse Pinheiro.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *