https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2017/01/desaperecido1.png

PROCURA-SE

Famílias denunciam sumiço de dois jovens após suposta prisão

As famílias de dois jovens denunciaram à polícia o desaparecimento de dois jovens, ambos de 20 anos, no Bairro Novo Milênio, em Cuiabá.

Uma irmã de João Vitor Alves dos Santos registrou um boletim de ocorrência alegando que o irmão e o amigo dele, Hugo Vinícius da Silva Salomé, desapareceram depois de uma abordagem de policiais militares, que estavam à paisana, na segunda-feira (9).

A Corregedoria da Polícia Militar informou que ainda não chegou no órgão nenhuma denúncia contra os policiais. A Polícia Militar disse, por meio de assessoria, que ainda irá se manifestar sobre o caso.

À polícia, a irmã Ana Carolina Alves Paiva disse que João Vitor estava levando um colega até a casa da avó do rapaz e, no caminho, foram abordados pela Polícia Militar.

desaperecidos2Uma testemunha, que pediu para não ter o nome identificado, explicou que os dois policiais colocaram os rapazes dentro do carro da polícia.

“Eu estava passando e, então, vi que os dois estavam algemados no chão e sujos de terra, então um dos policiais colocou os dois rapazes dentro da viatura e o outro levou o carro”, explicou.

A testemunha então avisou a família, mas, quando eles voltaram, os rapazes e os policiais já não estavam mais no local.

Segundo a testemunha, depois do desaparecimento, a polícia explicou a Júlio Alves, irmão de João Vitor, que antes da abordagem os dois abriram a porta do carro em que estavam e fugiram abandonando o veículo.

Sem nenhuma pista do irmão e do amigo, Júlio Alves procurou um advogado, que foi até a Corregedoria da Polícia Militar. Ele disse que a família está angustiada por não saber o paradeiro dos jovens.

“A família toda está triste e em choque. Não sabemos o que fazer, não sabemos nem se ele está vivo ou morto”, explicou Júlio.

O advogado da família Sérgio Batistela afirmou que ainda não foi tomada nenhuma medida, já que ainda não se sabe o que aconteceu com os dois jovens.

“Não tomamos nenhuma medida, pois ainda não sabemos se foi a Polícia Militar que cometeu o delito. Precisamos saber o que aconteceu, para tomar as medidas necessárias”, explicou.

 A mãe de Hugo, Suzana da Silva Canete, disse que não vê o filho desde domingo (8). Ela se diz desesperada e já pensa no pior. “Não como, não durmo, quero o corpo do meu filho”, declarou.

João Vitor já tinha sido preso suspeito de assalto, mas, segundo o irmão, foi considerado inocente pela Justiça. Segundo o irmão, o outro rapaz que está desaparecido tinha uma disputa com a polícia.

Hugo Vinícius tinha saído da prisão há menos de um mês depois de cumprir pena por tráfico de drogas.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *