https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2017/01/Casa-Militar-Coronel-Siqueira-1-e1507034339386.jpg

MUDANÇAS NO STAFF

Coronel da PM é nomeado para comandar Secretaria de Administração Prisional de MT

Divulgação

O governador Pedro Taques (PSDB) assinou a nomeação dos novos titulares das pastas da Casa Militar e da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh).

Os atos foram publicados na edição do Diário Oficial do Estado com data de 11 de janeiro, que circula nesta quinta-feira (12.01).

O coronel Evandro Alexandre Ferraz Lesco, que desempenhava a função de secretário-adjunto da Casa Militar, assume em lugar do Cel PM Airton Benedito de Siqueira Júnior.

O Diário Oficial também traz a nomeação de Siqueira Júnior, que passa a ser o novo titular da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh).

A Sejudh vinha sendo comandada interinamente desde 31 de dezembro passado por Enéas Corrêa Figueiredo Júnior, que foi designado para o cargo pelo governador em substituição ao defensor público Márcio Frederico de Oliveira Dorileo, que deixou a função para voltar para a Defensoria Pública do Estado de Mato Grosso.

Estas alterações representam mais uma etapa na reestruturação administrativa que o governador Pedro Taques vem implementando nesta segunda etapa de seu governo.

Nesta quarta-feira (11), Taques anunciou o nome do delegado Fernando Vasco Spinelli Pigozi como o novo diretor-geral da Polícia Judiciária Civil para a gestão 2017-2018.

A posse de Pigozi está marcada para esta sexta-feira (13), às 9h, no auditório da sede da Diretoria da Polícia Judiciária Civil, em Cuiabá.

Nesta quarta, Taques também anunciou o nome do ex-deputado estadual e servidor de carreira da Embrapa Cândido Teles, que assumirá o cargo de presidente do Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat).

Atualmente, a presidência vem sendo ocupada interinamente pelo delegado da Polícia Civil Silvio do Valle, desde a saída do também delegado Fausto Freitas, que está à frente do Gabinete de Transparência e Combate à Corrupção (GTCC).

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *