ENTREVISTA NO SBT

Paulo Prado diz que CPI da Assembleia Legislativa é uma “retaliação” ao trabalho do Ministério Público

O procurador-geral de Justiça de Mato Grosso, Paulo Prado, disse, em entrevista ao programa SBT Comunidade, da TV Rondon, nesta quinta-feira (12), que a CPI do Ministério Público do Estado instalada pela Assembleia Legislativa foi uma tentativa de “retaliação” contra o MPE perante à sociedade. Segundo Prado, a instauração da Comissão Parlamentar de Inquérito começou após o depoimento do ex-secretário de Fazenda, Eder Moraes, em uma das CPIs criadas pela ALMT.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *