https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/10/alan-malouf.jpg

EFEITO O GLOBO

Alan Malouf nega ter feito delação junto ao MPE

Divulgação

O empresário Alan Malouf, por meio de assessoria imprensa, divulgou nota pública, nesta segunda-feira (16), para negar que tenha feito delação premiada junto ao Ministério Público do Estado para tentar escapar de uma possível prisão em decorrência das investigações feitas na Operação Rêmora, que apura suposta fraudes em contratos e licitações na Secretaria de Estado de Educação (Seduc), durante gestão do então secretário Perminio Pinto (PSDB), e envolvido o nome do governador Pedro Taques (PSDB) na confissão.

A informação foi dada pela coluna do jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo. Leia mais aqui.

Alan Malouf, que é réu na ação, foi preso em 14 de dezembro do ano passado durante a terceira fase da Rêmora, denominada Operação Grão Vizir. O empresário ficou somente 10 dias preso, sendo libertado na véspera de Natal no plantão do Judiciário.

Malouf é acusado pelo Ministério Público do Estado de ser um dos líderes da organização criminosa que agiu na Seduc.

Ele teria sido beneficiado com pagamento de propina que geravam em torno de 25% para membros da cúpula da organização.

Malouf corre o risco de voltar à prisão, já que os promotores do Gaeco recorreram da sua liberdade.

O pedido vai ser analisado pela juíza titular da Vara de Combate ao Crime Organizado, Selma Rosane Arruda.

A magistrada é a mesma que decretou a prisão preventiva de Alan Malouf em dezembro passado.

NOTA DE ALAN MALOUF SOBRE O GLOBO

Sobre a notícia “Taques terá um 2017 turbulento” publicada na coluna do Lauro Jardim, do site O Globo, nesta segunda-feira (16), é importante esclarecer que o empresário Alan Malouf não firmou acordo de colaboração premiada com o Ministério Público Estadual, conforme apontado na notícia.

Reforçamos ainda que que tudo será esclarecido diante do devido processo legal, sendo que Alan Malouf já se colocou à disposição da Justiça, por intermédio de seu advogado e apresentou bens como garantia.

Assessoria de imprensa

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *