https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2017/01/lardariana-romeu-.jpg

NEUROPATIA CRÔNICA

Criança do Lar da Criança morre em hospital de Cbá

O Governo do Estado de Mato Grosso emitiu nota pública lamentando a morte do menor Thiago Severo, de sete anos, na manhã deste sábado (21.01), no Hospital Santa Casa, onde esteve internado nos últimos três meses.

O laudo médico emitido pela unidade hospitalar informa que a criança veio a óbito em consequência de neuropatia crônica, pneumonia e choque séptico.

Thiago nasceu em Várzea Grande no dia 11 de novembro de 2009 e foi diagnosticado com neuropatia crônica, o que exigiu atendimento 24 horas via home care, devido seu estado vegetativo persistente.

O menor estava acolhido no Lar da Criança desde 31 de julho de 2012, quando foi encaminhado para a instituição com outros cinco irmãos, que estão atualmente morando com a avó no estado de Minas Gerais.

A avó materna sempre manteve contato com a instituição, mas nunca teve condições financeiras de custear o tratamento do neto.

Toda a estrutura, tratamento médico e assistência social necessários para prolongar o tempo e a qualidade de vida da criança foram priorizados pelo Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas-MT), responsável pela gestão do Lar da Criança.

“Tudo que estava em nosso alcance foi feito. No Lar, o Thiago foi assistido por nutricionistas, fisioterapeutas, médicos e assistentes sociais, que estão muito tristes com a morte dele. Além dos cuidados, ele recebeu todo o amor, carinho e respeito que tinha direito”, lamentou a coordenadora do Lar da Criança, Marimar Michels.

Durante os três meses de internação, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa, o menor recebeu diariamente visitas da equipe do Lar da Criança, que acompanhou todo o tratamento.

“Lamentamos muito essa perda. As outras crianças que vivem no Lar também vão sentir muito. A nossa missão é muito mais que cuidar, é principalmente transmitir afeto e atenção para esses menores que estão sob nossa responsabilidade”, observou o secretário da Setas, Max Russi.

Durante o enterro, realizado no Cemitério São Gonçalo, a secretária-adjunta de Assistência Social, Marilê Ferreira, externou a tristeza pela morte do menor e agradeceu o apoio de todos que atuaram para melhorar a vida do Thiago.

“Ele foi um verdadeiro guerreiro, que nos demonstrou a cada dia o que é superação. Agradeço a todas as crianças pelo amor de irmão que deram para o Thiago e também as pessoas que o cuidaram, sempre com um amor ilimitado. O que nos conforta é saber que fizemos tudo que é possível para que sua vida, ainda que limitada, tivesse mais dignidade, qualidade e um bom atendimento”, finalizou.

Foto: Divulgação

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *