https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2017/01/abfa342d11ef30a6ba0082f80ecb9926-e1493042642492.jpg

INFELICIDADE DO MOTORISTA

Emanuel Pinheiro visita cadeirante de Cuiabá barrada em ônibus

O prefeito Emanuel Pinheiro esteve neste domingo (02) realizando uma visita solidária a cadeirante Keilla Campo de Oliveira, no Residencial Francisca Borba, localizado na região do bairro Osmar Cabral.

Keilla foi vítima do incidente, ocorrido na última semana, em que um motorista de ônibus se negou a embarcá-la no coletivo e ainda ameaçou agredi-la.

Os secretários de Mobilidade, Antenor de Figueiredo e de Ordem Publica, Leovaldo Salles acompanharam o prefeito na visita.

Segundo Emanuel, o fato foi uma infeliz situação em que o estresse de todos levou ao incidente lamentável.

No entanto, mesmo diante de todos os elementos envolvidos para desencadear o contra tempo, ele fez questão de destacar que nada justifica a falta de respeito ao cidadão.

Em seu propósito como gestor municipal, Emanuel destacou que em seu mandato a prioridade será a humanização e o respeito ao cidadão e que,  em hipótese alguma será tolerado que episódios desse tipo se repitam.

“Eu não poderia deixar de vir prestar minha solidariedade a Keilla. Não poderia simplesmente ignorar o constrangimento que passou essa cidadã”, disse Pinheiro.

Keilla sofre de uma doença degenerativa na coluna que, como consequência, a impede de caminhar.

Segundo ela, o triste episódio com o motorista, além de fatalidade, foi uma falta de boa vontade que envolveu todos em momento de tensão.

Ela avaliou junto ao prefeito a necessidade de campanhas de conscientização para as pessoas com necessidades especiais.

“É preciso que a coisa saia do papel para as ruas. As leis estão ai, mas falta aplicá-las. Eu estou comovida com toda essa assistência do prefeito. Nunca esperava uma coisa assim. Estou emocionada”, disse a cuiabana.

Emanuel e o secretario Antenor se comprometeram nesse primeiro momento em organizar uma capacitação aos motoristas de ônibus, uma vez que todo o circular passa por vistorias constantes e os elevadores seguem rígido controle de funcionamento.

“Inclusive no incidente com Keila, estava tudo funcionando de acordo. Foi um fato isolado que vamos trabalhar junto às empresas para que não se repita”, destacou a secretario.

Na conversa com o prefeito, Keila colocou sua situação e emocionou a todos. Desempregada, mãe de três filhas, as dificuldades são muitas. Um emprego foi o pedido da dona de casa ao prefeito.

“Eu sei que muitos estão nessa situação ou mesmo em piores condições. Sabemos que não podemos mudar todo esse cenário de uma hora para a outra, mas vamos trabalhar para o nosso máximo. Eu vou intervir junto à empresa de ônibus para ver a possibilidade de uma oportunidade de trabalho para a senhora. Seria uma forma também deles se redimirem perante ao ocorrido. Eu mesmo, pessoalmente, como aqui vim vou fazer esse contato”, respondeu Emanuel.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *