https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2017/01/arnaldo-e-silval.jpg

ARNALDO ALVES

Tribunal de Justiça de Mato Grosso manda soltar ex-secretário de Silval Barbosa

Divulgação

O ex-secretário de Planejamento do Governo Silval Barbosa (PMDB), Arnaldo Alves, conseguiu a liberdade nesta quarta-feira (25) após, por 2 votos a 1, a 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça conceder habeas corpus.

O voto de desempate, considerado de minerva, foi dado pelo desembargador Orlando de Almeida Perri.

O magistrado substituiu o desembargador Rondon Bassil Filho, que se declarou suspeito de participar da sessão.

O relator do habeas corpus, desembargador Alberto Ferreira de Souza, votou pela manutenção da prisão.

O desembargador Pedro Sakamoto votou pela liberdade, mediante pagamento de fiança estipulada no valor de R$ 600 mil.

Em seu voto, Perri alegou que o réu não faz mais parte do Governo e que o atual é oposição ao seu grupo político.

Por causa disso, Arnaldo teria dificuldades em ter acesso a documentos que poderiam de alguma forma prejudicar o andamento das investigações.

Arnaldo está proibido de ter contato com outros réus ou testemunhas, comparecimento mensal ao juízo, recolhimento domiciliar no período noturno e finais de semana e monitoramento eletrônico por meio de tornozeleira.

O ex-secretário foi preso no dia 26 de setembro do ano passado, em decorrência da quarta fase da Operação Sodoma. Ele é acusado de envolvimento na compra de de uma área denominada Jardim Liberdade, no Osmar Cabral, pelo Estado no valor de R$ 31 milhões.

Segundo a denúncia do Ministério Público do Estado, metade, praticamente desse valor, retornou ao grupo, supostamente, liderado por Silval Barbosa.

Além de Arnaldo Alves, o ex-governador, o ex-chefe de gabinete, Sílvio Correa, o ex-secretário de Fazenda, Marcel de Cursi, o procurador aposentado Francisco Gomes de Andrade Lima Filho, e ainda o empresário Valdir Piran, que já teve a detenção revogada, tiveram a prisão preventiva decretada pela juíza da Vara de Combate ao Crime Organizado, Selma Rosane Arruda. Com Folhamax.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *