https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2017/01/fávaro-1.jpg

BATEU, LEVOU

Carlos Fávaro diz que turma de senador mamou 5 anos nas tetas do Governo de MT

O vice-governador Carlos Fávaro (PSD) reagiu às críticas feitas pelo senador por Mato Grosso e presidente do PR, Wellington Fagundes (PR), esta semana na imprensa, de que a vaca (Estado) já teria ido para o brejo por causa da gestão Pedro Taques (PSDB).

Segundo Fávaro, em entrevista à rádio Capital FM, nesta quarta-feira (25), ele conhece muito bem de vaca por ser produtor e acusou o senador de ser um dos responsáveis pela situação que hoje o Estado se encontra.

De acordo com o vice, a turma de Wellington Fagundes ‘mamou nas tetas’ do Governo por cinco anos, fazendo com que o Estado mergulhasse numa situação crítica para difícil reversão.

Fávaro argumentou que a atual administração trabalha com responsabilidade e em respeito ao dinheiro público e citou que a implantação do VLT em Várzea Grande e Cuiabá foi uma malandragem para desvio de dinheiro público.

O presidente do PSD disse que a obra está demorando para voltar justamente porque muitas delas, inclusive, não teriam projetos, e que por causa disso, o Governo não retomaria de forma irresponsável.

Que o caos protagonizado na gestão do então governador Silval Barbosa (PMDB) produziu um abismo administrativo no Estado que o Governo Pedro Taques vem tentando sanar para voltar Mato Grosso nos trilhos.

Fávaro chega a dizer que as indicações feitas no Governo do peemedebista passavam pelo critério de avaliação e aprovação de Fagundes, como o caso de Eder Moraes, ex-secretário preso pela Polícia Federal e condenado a quase 70 anos de prisão pela Justiça Federal de Mato Grosso.

OUÇA A ENTREVISTA ABAIXO:

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *