https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2017/02/pes-e-agulha.jpg

CRUELDADE

Polícia indicia pais e mais três por tentativa de homicídio contra bebê em ritual

Foi concluído nesta quinta-feira (2), pela Polícia Judiciária Civil de Jaciara (144 km de Cuiabá), o inquérito policial que investigou o caso de uma menina de 03 meses de idade, suspeita de ter o corpo usado em ritual religioso.

Entre as 5 pessoas acusadas, estão os pais da vítima. Os  quatro adultos responderam por  tentativa de homicídio triplamente qualificado e corrupção de menores, em razão da mãe da vítima ser adolescente.

A mãe da bebê vai responder a ato infracional equiparado à tentativa de homicídio.

O delegado de polícia Marcelo Melo de Laet realizou o indiciamento dos suspeitos e a requisição da conversão das prisões temporárias em preventivas.

As 4 pessoas continuam presas, sendo que a mãe está detida em uma unidade para menores infratores (Complexo Pomeri), em Cuiabá.

O caso

O ato religioso teria ocorrido no município de São Pedro da Cipa (148 km de Cuiabá) em 11 de dezembro de 2016. A equipe médica do Hospital Municipal de Jaciara alertou o Conselho Tutelar sobre suspeita de maus tratos contra A.L.J.S, 03 meses.

A Polícia Civil de Jaciara foi acionada por conselheiros tutelares no dia seguinte ao crime e iniciou imediatamente investigação para apurar os fatos.

Os pais da menina, W. d. J. C., de 28 anos, e C.S.S, de 17, são suspeitos de aceitar receber o valor de R$ 250 para submeter a filha ao ritual que foi conduzido por I. Q. d. S., de 42 anos, conhecida como “Baiana”.

Também participaram da cerimônia filha e genro de “Baiana”.

A bebê segue internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital em Rondonópolis. (212 km de Cuiabá).

Foto: reprodução

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *