DURANTE CHUVA

Vídeo mostra cachoeira dentro de enfermaria do Pronto-Socorro de Várzea Grande

Um vídeo feito por uma mulher que acompanhava a sua avó no pronto-socorro de Várzea Grande, na madrugada desta terça-feira (7), mostra o caos provocado pela chuva dentro da unidade de saúde.

A chuva foi tão forte que provocou uma cascata dentro da enfermaria, aonde estavam pacientes.

Nota de esclarecimento

Sobre o episódio de infiltração de água da chuva em uma das enfermarias do Hospital e Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande na madrugada desta terça-feira (7), a direção da unidade esclarece que já adotou as medidas necessárias para solucionar o problema.

A infiltração atingiu a enfermaria 1 no corredor de observação, localizada numa ala do Pronto-Socorro que ainda não passou pela reforma geral que está em execução desde o ano passado e vai contemplar toda a unidade hospitalar.

No local onde a água adentrou a enfermaria, o telhado está sendo substituído e não houve tempo de instalar a calha para coletar a água da chuva o que ocasionou a infiltração. Os pacientes que estavam na enfermaria atingida foram remanejados e o local já passou por limpeza. Os reparos e instalação da calha já estão em andamento.

Durante a forte chuva na madrugada também houve queda de energia em parte do Pronto-Socorro provocada por um problema na rede externa (poste) envolvendo uma chave trifásica. Uma das fases caiu depois de uma descarga elétrica resultando no desligamento de parte da rede elétrica. A equipe de manutenção do Pronto-Socorro acionou a Energisa, concessionária dos serviços de energia, e o problema foi solucionado com o restabelecimento da energia.

O Departamento de Água e Esgoto (DAE) também foi acionado e abasteceu as caixas d’água do Pronto-Socorro evitando que faltasse água na unidade hospitalar.

A direção do Hospital e Pronto-Socorro informa ainda que os telhados de todas as alas estão sendo trocados na reforma, pois desde sua construção há 28 anos, o hospital nunca havia passado por uma ampla reforma que contemplasse toda a parte física e estrutural como está sendo feito.

Até o momento, já foram entregues totalmente reformadas as alas A, B e C, que juntas, dispõem de 95 leitos, além do novo espaço construído na parte lateral para abrigar os serviços de pronto-atendimento clínico e ambulatorial com capacidade para 14 leitos de observação e outros dois de atendimento de urgência e emergência. Os recursos investidos até agora somam R$ 2,3 milhões em obras e equipamentos adquiridos nos últimos 15 meses.

Assessoria de Comunicação do Hospital e Pronto-Socorro de Várzea Grande

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *