https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/12/Chico_2000-1.jpg

NA COMISSÃO DE ÉTICA

Mário Nadaf é escolhido para analisar pedido de cassação contra vereador acusado de estupro

O vereador por Cuiabá Mário Nadaf (PV) irá responder pela Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara de Cuiabá, durante o primeiro biênio da 19ª Legislatura.

O parlamentar recebeu a informação após a reunião do Colégio de Líderes, que foi realizada na última sexta-feira (3).

O presidente desta comissão tem a responsabilidade de opinar no sentido de preservar a dignidade do mandato parlamentar na Câmara Municipal, responder às consultas da Mesa Diretora, de outras comissões e de vereadores sobre matérias de sua competência e pode ainda instaurar processos disciplinares.

“Recebemos a notícia de forma positiva e sinto-me preparado para estar à frente da comissão que é tão importante para o legislativo”, disse.

Ele ainda pontuou que a comissão irá atuar de forma independente, imparcial e respeitando os valores morais da sociedade.

“Dentro da comissão quero zelar pelo que é considerado mais precioso: moral e ética. Vamos agir quando houver uma provocação feita pela população ou pelo presidente da Casa, Justino Malheiros. Não vou me antecipar e nem caçar as bruxas”, afirma.

Em sua primeira missão à frente da Comissão de Ética, Nadaf deverá analisar dois pedidos de cassação contra o vereador Chico 2000 (PR).

Chico é acusado pela Polícia Civil de Mato Grosso de ter cometido estupro de vulnerável contra sua enteada, uma menina de 11 anos.

O vereador chegou a ser preso, mas foi solto no ano passado pela Justiça.

Os dois pedidos de cassação foram feitos pelo vereador Toninho de Souza (PSD).

Antes do pedido chegar ao presidente da Comissão de Ética, a assessoria jurídica da Câmara irá avaliar os pedidos feitos por Toninho de Souza.

Com assessoria da Câmara de Cuiabá.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *