https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2017/02/cadeia-max-aguiar6.jpg

FORA DE CIRCULAÇÃO

Autores de latrocínio, membro de quadrilha e foragido são presos em Rondonópolis.

Ilustrativa

Quatro pessoas foram presas pela Polícia Judiciária Civil em investigações da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) de Rondonópolis (212 km ao Sul).

Entre os presos estão os irmãos gêmeos, autores da tentativa de homicídio que vitimou um adolescente, de 16 anos, o integrante de uma quadrilha de homicídios e um foragido da Cadeia Pública de Itiquira.

O suspeito, D.S.S, 23, foi preso após denúncia anônima sobre possíveis integrantes de uma quadrilha, que planejava um homicídio em Rondonópolis.

Os policiais civis realizaram diligências conseguindo no final da tarde de sexta-feira (18) efetuar a prisão do investigado, que possui várias passagens pela polícia por tráfico de drogas e tentativa de homicídio.

Ele foi surpreendido numa casa no bairro Jardim das Flores em poder de uma pistola 9 milímetros, da marca Cherokke, de fabricação Israelense.

Na companhia dele, foi detida uma adolescente de 17 anos, que foi conduzida à 2ª Delegacia de Polícia de Rondonópolis, onde foi ouvida e liberada.

O suspeito foi interrogado, e autuado em flagrante por posse ou porte irregular de arma de fogo de uso restrito.

Em outra ação, os irmãos gêmeos ambos com passagem por roubo, foram presos, no sábado (19.02), apontados como autores uma tentativa de latrocínio ocorrido no início da manhã de quarta-feira (15.02).

Na ocasião, dois homens armados e usando uniformes de uma empresa, tentaram invadir uma residência localizada no Clube da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na Rodovia do Peixe, em Rondonópolis para praticar um roubo.

Ao perceber a presença dos suspeitos o garoto, de 16 anos, que estava na casa correu até a porta e a trancou, impedindo assim que os criminosos entrassem.

No entanto, um dos autores efetuou disparos de arma de fogo, que atingiram o menor na cabeça.

A vítima foi socorrida e encaminhada para o Hospital Regional de Rondonópolis, onde permanece em estado grave.

Durante diligências, os irmãos gêmeos foram identificados, e em seguida, flagrados pela equipe da DHPP em uma residência no bairro Vila Olinda 2.

No local, foi apreendido o uniforme de empresa utilizado no crime, além de uma espingarda de pressão modificada aparentemente para uma arma de fogo de calibre 22.

Os dois suspeitos foram conduzidos à delegacia de polícia onde foram reconhecidos pelas vítimas como os autores do crime.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *