https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/01/samu-e1525609790523.jpg

COLISÃO COM ÔNIBUS

Funcionário de concessionária morre em acidente após colidir moto com ônibus em Cuiabá

Divulgação

Um motociclista morreu na manhã desta segunda-feira de Carnaval após colidir com um ônibus de transporte público no cruzamento das Avenidas Tenente-Coronel Duarte com e Getúlio Vargas, na região central de Cuiabá na manhã desta segunda-feira (27).

Com a vítima, foi encontrado um crachá funcional de uma concessionária de veículos da Capital.

O choque deixou a motocicleta bastante danificada, assim como parte dianteira do ônibus.

O motociclista foi arremessado e colidiu no para-brisa do coletivo. O acidente aconteceu por volta das 7h.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local minutos depois e prestou socorro à vítima. Em estado grave, ela foi levada ao pronto-socorro.

Porém, a morte foi confirmada logo após ele passar pelo box de emergência.

Agentes da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) foram ao local para controlar o tráfego de veículos no cruzamento das duas avenidas.

Peritos criminalistas e policiais civis da Delegacia Especializada em Delitos de Trânsito também estiveram presentes e iniciaram as investigações.

Por meio de nota, a empresa Pantanal Transportes se posicionou sobre o acidente.

A alegação é de que o motociclista “furou” o sinal vermelho.

Destacou ainda que o motorista do coletivo prestou socorro a vítima acionando o Samu.

Veja a íntegra da nota:

A direção da Pantanal Transporte informou que o acidente foi motivado pela imprudência do motociclista já que o mesmo atravessou o sinal vermelho, no cruzamento da Avenidas Getúlio Vargas e Prainha, na região central de Cuiabá. Logo após a colisão, o motorista parou o ônibus  e acionou a equipe do Samu que levou a vítima ao Pronto Socorro Municipal. Um funcionário da Pantanal Transporte  acompanha a vítima no atendimento médico. O motorista afirmou que a colisão ocorreu enquanto subia Avenida Getúlio Vargas, e  a velocidade do coletivo, no momento do acidente, era de 30 km. 

Com informações do Folhamax

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *