https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2015/12/CARRO.jpg

ATENÇÃO, MOTORISTAS!!

Câmeras de videomonitoramento passam a multar motoristas em Cuiabá

Gcom

Vistas e movimentos de Cuiabá

Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) começou a multar motoristas por meio das câmeras de videomonitoramento, instaladas nas principais vias de Cuiabá.

Por enquanto são só quatro pontos, que é onde já existe sinalização indicando aos motoristas que o trecho é monitorado.

Estas câmeras estão no cruzamento da avenida Mato Grosso com a Historiador Rubens de Mendonça (CPA) e a Tenente Coronel Duarte (Prainha), Prainha com a Isaac Póvoas e Generoso Ponce, avenida do CPA próximo ao viaduto da Miguel Sutil e na Carmindo de Campos com a Tancredo Neves.

De acordo com o diretor de trânsito da Semob, Michell Diniz, por meio das imagens é possível identificar infrações como falar ao celular enquanto dirige, não usar o cinto de segurança, estacionar em locais proibidos, fazer conversões em locais proibidos, ultrapassagens em locais proibidos, parar sobre a faixa de pedestres, trafegar na faixa exclusiva de ônibus, entre outros. “São câmeras com imagens em alta resolução e com a aproximação é possível ver até o interior do veículo”.

Segundo ele, são 32 câmeras espalhadas pela cidade, que aos poucos passarão a ser utilizadas para punir motoristas que não respeitam a lei.

Diniz lembra que as câmeras começaram a ser instaladas em 2015, e desde então a Semob vem atuando e dando advertência a motoristas que desrespeitavam as leis.

“Quando um motorista era flagrado, por exemplo, estacionando o carro em local proibido, os agentes ligavam para aquela pessoa e pediam que retirasse o veículo, ou como em muitos casos, os agentes se deslocavam até o local e o motorista era multado”.

Mas agora, como algumas vias já estão sinalizadas, avisando os motoristas que o local é monitorado, qualquer infração nesses locais acarretará em multas ao condutor.

Foto: Gcom/Ilustração

Veja Mais

4 comentários em “Câmeras de videomonitoramento passam a multar motoristas em Cuiabá”

  1. João Barão disse:

    Não adianta moçada, esse país só tem ladrão, dai começam a roubar na politica, fazem um arrombo nos cofres público, e a divida tem que ser paga perante a sociedade, através de multas, impostos e etc…
    Só é possível mudar esse país daqui alguns anos, se investirem na educação de qualidade, e cada um ter a consciência dos seus atos, que é uma coisa quase impossível nos dias de hoje. Á 2 coisas a se fazer, ou mudamos de país, ou se matem! infelizmente essa é a realidade triste desse país, que as vezes me da nojo.

  2. Célia Nunes disse:

    A partir de quando está valendo? Recebi uma multa do dia 14/01/2017 e que foi emitida em abril/2017 pra ser paga em 12/06/2017. Desde janeiro já está valendo??

  3. Ezer disse:

    O que eu acho interessante é que eles andam sem o cinto de segurança, dirigindo ao celular, estacionando em cima da calçada. Então, quem vai fiscalizar eles? Fui multado às 3 da manha na Fernando Corrêa da Costa. Tudo escuro, com umas pessoas próximos ao radar e acham sinceramente que eu devia parar nesse radar e passar aos 40km por hora. Essas coisas que eu sinceramente gostaria de ter respostas. Se isso não e uma forma de ganhar dinheiro do contribuinte o que é então? Pois se fosse para disciplinar seria de outr a forma. Mas….ficamos assim…sem as respostas.

    1. Moysés do Porto disse:

      Ezer, o negócio é arrecadar. No mês passado quando eu estava indo à Santo Antonio de Leverger, parei meu carro ao lado da PRE, para conferir e apertar a corda do material que eu transportava. Dias depois recebi uma notificação que eu estava dirigindo com farol. Tudo bem. Mas, o guarda (no meu entender) deveria me notificar, multar e pedir para eu acender o farol para prosseguir a viagem, portanto, o foco, não é preservar acidentes, e sim, multar, multar, multar……

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *