https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2016/04/ROGERS-e1501079634736.jpg

FORÇAS DE SEGURANÇA

Secretaria de Segurança Pública cria comissão para padronizar uso de modelo e calibre de armamento para Forças de Segurança de MT

Divulgação

O secretário de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp/MT), Rogers Jarbas, por meio da Portaria Nº 003/2017SESP/PM/PJC/POLITEC, criou uma comissão entre as Forças de Segurança do Estado, com a finalidade de disciplinar e uniformizar os requisitos operacionais de material bélico para padronização de armas de porte no Sistema de Segurança Pública de Mato Grosso quanto ao calibre e ao modelo de armamento utilizado no âmbito da Sesp/MT.

De acordo com a Portaria, publicada no Diário Oficial do Estado da última quinta-feira (23), a comissão deverá realizar estudos e elaborar trabalho conclusivo definindo o calibre padrão para uso das Instituições que compõe a Secretaria de Segurança Pública de MT, bem como estabelecer os requisitos mínimos de qualidade dos armamentos de porte utilizados pelos integrantes da pasta e das Forças desconcentradas.

Ainda de acordo com o texto do documento, toda aquisição e recebimento de armas de porte adquiridas afim de serem utilizadas pelas Forças de Segurança vinculadas à SESP/MT deverão atender às exigências estabelecidas no Requisito Operacional, após submetido à análise e homologação do Secretário de Estado de Segurança Pública, em conjunto com o Comandante Geral da Polícia Militar, Delegado-Geral da Polícia Judiciária Civil e Diretor-Geral da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

O prazo para conclusão dos trabalhos definidos nesta Portaria é de 90 (noventa) dias, contados a partir da data de sua publicação, podendo ser prorrogado uma única vez, mediante justificativa fundamentada, por até 30 (trinta) dias.

Abaixo, os componentes de cada Força que fará parte da Comissão:

I – Polícia Militar:

Marcos Eduardo Ticianel Paccola – Major PM

Fernando Raphael Pereira De Oliveira – Cabo PM

II – Polícia Judiciária Civil:

Wladimir Fransosi – Delegado de Polícia

Ramiro Mathias Ribeiro Queiroz – Delegado de Polícia

III – Perícia Oficial e Identificação Técnica

Antônio Carlos de Oliveira – Perito Oficial Criminal

Emivan Batista de Oliveira – Perito Oficial Criminal

Veja Mais

5 comentários em “Sesp cria comissão para padronizar uso de arma”

  1. Eder disse:

    Será que esses delegados sabem algo de armas?

    1. Anônimo disse:

      Dr. Wladimir François, e instrutor de tiro dá Acadepol, possui um conhecimento invejável com relação a armamento.

  2. Wagner disse:

    Quantos mais Irã pagar com sua vida ou com sequelas???
    Fora os procedimentos que são feitos de investigação para apura se o policial não estava errado e sempre taxado de ter feito errado, mas em fim esses armamentos brasileiros não nos dá confiança para que possamos exercer nossa função.

  3. Jeferson disse:

    Secretário de Segurança esqueceu de Ler ou Estudar o nosso Estatuto.
    Artigo 307 onde consta quem é Considerado Policial Civil.
    Mais uma vez Descriminação contra os IPCs e EPCs.
    Tem que Parabenizar a PM que colocou um Cabo nesta Comissão.

  4. Republicano disse:

    É uma merda, no Brasil, com esse estatuto do desarmamento, onde o cidadão de bem só se f….., é brincadeira.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *