TURBULÊNCIA INTERNA

PSC está à deriva, sem liderança e partido vive nos bastidores uma guerra de fogo amigo, diz membro

Um membro do PSC revelou ao Mato Grosso Mais que o partido está escafelado, totalmente à deriva.

Segundo o agente político, a legenda está sem liderança, não existe mais unidade no PSC.

Ele revelou ainda que o PSC está bem contemplado junto à prefeitura de Cuiabá, sob a administração de Emanuel Pinheiro (PMDB).

A briga por mais cargos na administração municipal é resultado, segundo a fonte, porque as duas pastas hoje ocupadas na prefeitura, Educação e Ordem Pública, não seriam de indicações do presidente do PSC em Mato Grosso.

O deputado estadual Sebastião Rezende (PSC), uma das maiores lideranças da legenda, também acabou sendo alvo de fogo amigo. Já até lançaram o parlamentar candidato ao Senado Federal em 2018.

Veja Mais

Um comentário em “PSC está à deriva, sem liderança e partido vive nos bastidores uma guerra de fogo amigo, diz membro”

  1. Valdinei disse:

    Boa Tarde. PSC Vai muito bem Obrigado. Pode até ter algum membro que sozinho e por conta própria se esfacelou e esteja à deriva.
    O PSC como disse vai muito bem. 02 vereadores na Capital. Vereadores em Várzea e nos principais polos. Aliás, anotem aí: São 68 vereadores, 09 Vice-Prefeitos, 05 Prefeitos, deputado Estadual Sebastião Rezende, Deputado Federal Victório Galli, e em 04 anos já está com mais de 10 mil filiados.
    Temos participação efetiva na indicação na SME com a Professora Mabel Strobel, profissional experiente e que vem fazendo Excelente trabalho. Quanto à outros cargos, indicamos sim excelentes profissionais para cooperar na administração e diga-se de passagem: no PSC prometeu é bom Cumprir. No demais fica o convite 16/03 encontro Regional do PSC em Rondonópolis com a presença do Presidente Nacional, Rezende, Galli e mais 19 municípios da Região Sul.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *