https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2017/03/reuniao_setas_0.png

BENEFÍCIO FINANCEIRO

TRT e Governo buscam parceria em programa para famílias em situação de risco

A presidente do TRT de Mato Grosso, desembargadora Beatriz Theodoro, recebeu na manhã da última sexta-feira (03), o secretário estadual de Trabalho e Assistência Social Max Russi (PSB).

Ele veio buscar a parceria institucional do Tribunal para o desenvolvimento do programa “Pró-Família”, do Governo do Estado, que visa criar uma rede de proteção à famílias em situação de vulnerabilidade social.

A perspectiva é que o projeto que institui o programa seja votado pela Assembleia Legislativa nas próximas semanas.

Governo espera lança-lo em meados de abril. Em síntese, ele prevê a assistência a 35 mil famílias mato-grossenses com renda por pessoa inferior a um terço do salário mínimo.

Elas receberão uma ajuda em dinheiro e, em contrapartida, deverão cumprir alguns requisitos, como manter a frequência dos filhos na escola.

Segundo o secretário Max Russi, a expectativa é reunir parceiros que possam colaborar com a formação dessa rede de proteção social, seja auxiliando de forma direta ou mesmo por meio de projetos próprios que priorizem as famílias atendidas.

Uma das sugestões feitas aos TRT é a realização de cursos e palestras por magistrados ou mesmo a ofertas de vagas de estágio para jovens e adolescentes do programa.

“Queremos montar uma rede de ações e parceiros que possam trabalhar para tirar essas pessoas dessa situação de vulnerabilidade”, disse o secretário. Segundo ele, a medida de sucesso não será o número de famílias inscritas no programa, mas a quantidade delas que conseguirem deixa-lo após as ações.

Durante a conversa, a presidente Beatriz Theodoro falou sobre as ações de cunho social já desenvolvidas no âmbito da Justiça do Trabalho, como aquelas relacionadas com os programas Trabalho Seguro e de Erradicação do Trabalho Infantil.

A presidente disse que irá estudar mecanismos que possam viabilizar a participação do Tribunal, por meio da edição de um Termo de Cooperação, cuja construção deve ser analisada pelas equipes técnicas do TRT e das Setas.

Participaram da reunião também o assessor especial da Setas, José Rodrigues, e a secretária-geral da Presidência do TRT, Márcia Puga.

FOTO: Tribunal Regional Trabalho

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *