https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2017/03/4442ae1e52965771ee23a279f20a63af.jpg

QUEBRA-GALHO

WS quer ponte provisória para desafogar trânsito da Av. Fernando Corrêa

O secretário de Estado de Cidades, Wilson Santos, afirmou que está tentando viabilizar uma “alternativa provisória” para liberar o tráfego na Ponte Professor Benedito Figueiredo, que liga o Bairro Jardim Califórnia com a Avenida Engenheiro Quidauguro Fonseca, no Bairro Coophema.

Conforme Wilson Santos, a ideia é colocar uma ponte de ferro ou de madeira ao lado da de concreto, até que as chuvas deem uma trégua e o Governo consiga realizar uma obra definitiva no local.

A ponte foi interditada pela Defesa Civil de Cuiabá no dia 16 de fevereiro por conta de um desbarrancamento na cabeceira.

Desde então, o fechamento vem causando transtornos no trânsito da Avenida Fernando Corrêa da Costa.

Wilson Santos disse que está articulando a ponte de ferro com o Exército Brasileiro.

Na terça-feira (7), ele se reuniu com o comandante da 13ª Brigada de Infantaria Motorizada, general Luiz Fernando Estorilho Baganha, para tratar do assunto.

Conforme o secretário, caso a negociação não dê certo, o jeito será fazer uma ponte de madeira no local.

“Vamos buscar duas alternativas para uma solução provisória, uma ponte de aço ou de madeira para reabrir o trânsito. Mas seria um trânsito controlado rigorosamente e até que as águas nos permitam trazer uma solução definitiva para aquela obra. A Secid e a Sinfra assumiram esta responsabilidade e nós vamos resolver”, prometeu.

Abertura de canteiro

Na tentativa de melhorar a fluidez do trânsito no local, a Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob) abriu um canteiro central na Avenida Fernando Corrêa da Costa, na altura da Avenida Antônio Dorileo.

Com isso, os motoristas que saem da Antônio Dorileo podem acessar a Fernando Correa, sentido Centro, sem precisar pegar a rotatória que fica nas proximidades da papelaria Grafitte.

A ação de mobilidade conta ainda com a inversão de sentido das ruas Franco de Oliveira, Francisco Pinheiro e rua 4, além da implantação de uma “direita livre” para quem trafega pela Fernando Corrêa da Costa (sentido bairro) e deseja acessar a Antônio Dorileo.

A previsão é de que esta última medida entre em vigor na próxima semana.

Foto: Mídia News

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *