https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2018/03/unemat_1700-1.png

PELA INTERNET

Prazo para realizar inscrição no Vestibular da Unemat termina nesta quinta-feira (10)

NATANIEL ZANFERRARI / ASCOM UNEMAT
redacao@matogrossomais.com.br

Reprodução

Esta é a última semana de inscrições para o Vestibular 2018/2 da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). A inscrição deve ser efetuada via internet, no endereço www.unemat.br/vestibular, até quinta-feira, 10 de maio. O valor da taxa é de R$ 100.

Esta edição oferta 2.520 vagas em 62 cursos, distribuídos em 13 municípios do Estado por meio do Vestibular 2018/2, para matrícula no segundo semestre deste ano.

A Unemat adota sistema de ações afirmativas: todos os cursos oferecidos destinam 30% das vagas para estudantes oriundos de escolas públicas, e reservam 25% para candidatos pretos e 5% para candidatos indígenas. As outras 40% das vagas são para ampla concorrência.

As provas serão realizadas nas cidades de Alta Floresta, Alto Araguaia, Barra do Bugres, Cáceres, Colíder, Cuiabá, Diamantino, Juara, Nova Mutum, Nova Xavantina, Pontes e Lacerda, Rondonópolis, Sinop e Tangará da Serra, dentre as quais o candidato deve optar no ato da inscrição.

O Vestibular 2018/2 compreende duas fases: a primeira consta de quatro provas objetivas com questões sobre Ciências da Natureza e suas tecnologias, Matemática e suas tecnologias, Ciências Humanas e suas tecnologias, e Linguagens, Códigos e suas tecnologias. Já a segunda etapa constitui-se de prova de redação. As duas fases serão realizadas em etapa única no dia 10 de junho, das 8 às 13 horas.

O resultado final será divulgado a partir do dia 23 de julho. O período letivo terá início no dia 6 de agosto, e o curso de Medicina está previsto para dia 30 de outubro.

Todas as informações sobre as etapas do Vestibular e seus editais podem ser acessadas em: www.unemat.br/vestibular.

São ofertados cursos em 13 municípios:

– Alta Floresta: Agronomia, Ciências Biológicas, Direito e Engenharia Florestal;

– Alto Araguaia: Direito

– Barra do Bugres: Arquitetura e Urbanismo, Ciência da Computação, Direito, Engenharia de Produção Agroindustrial, Engenharia de Alimentos e Matemática;

– Cáceres: Agronomia, Ciência da Computação, Ciências Biológicas, Ciências Contábeis, Direito, Enfermagem, Educação Física, Geografia, História, Letras, Matemática, Medicina e Pedagogia;

– Colíder: Agronomia

– Diamantino: Administração, Direito, Educação Física e Enfermagem;

– Juara: Administração e Pedagogia;

– Nova Mutum: Administração, Agronomia e Ciências Contábeis;

– Nova Xavantina: Agronomia, Ciências Biológicas, Engenharia Civil e Turismo;

– Pontes e Lacerda: Direito, Letras e Zootecnia;

– Rondonópolis: Direito/Matutino, Direito/Noturno, Letras e Ciência da Computação;

– Sinop: Administração, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Sistemas de Informação, Geografia, Letras, Matemática e Pedagogia;

– Tangará da Serra: Administração/Matutino, Administração/Noturno, Agronomia, Ciências Contábeis, Ciências Biológicas, Enfermagem, Engenharia Civil, Jornalismo e Letras.

São oferecidos 62 cursos:

– Administração: Diamantino, Juara, Nova Mutum, Sinop e Tangará da Serra

–  Agronomia: Alta Floresta, Cáceres, Colíder, Nova Mutum, Nova Xavantina e Tangará da Serra

–  Arquitetura e Urbanismo: Barra do Bugres

–  Ciências Biológicas: Alta Floresta, Cáceres, Nova Xavantina e Tangará da Serra

–  Ciência da Computação: Barra do Bugres, Cáceres e Rondonópolis

–  Ciências Contábeis: Cáceres, Nova Mutum, Sinop e Tangará da Serra

–  Ciências Econômicas: Sinop

–  Direito: Alta Floresta, Alto Araguaia, Barra do Bugres, Cáceres, Diamantino, Pontes e Lacerda e Rondonópolis

–  Educação Física: Cáceres e Diamantino

–  Enfermagem: Cáceres, Diamantino e Tangará da Serra

–  Engenharia Civil: Nova Xavantina, Sinop e Tangará da Serra

–  Engenharia de Alimentos: Barra do Bugres

–  Engenharia de Produção Agroindustrial: Barra do Bugres

–  Engenharia Elétrica: Sinop

–  Engenharia Florestal: Alta Floresta

–  Geografia: Cáceres e Sinop

–  História: Cáceres

–  Jornalismo: Tangará da Serra

–  Letras: Cáceres, Pontes e Lacerda, Rondonópolis, Sinop e Tangará da Serra

–  Matemática: Barra do Bugres, Cáceres e Sinop

–  Medicina: Cáceres

–  Pedagogia: Cáceres, Juara e Sinop

–  Sistemas de Informação: Sinop

–  Turismo: Nova Xavantina

–  Zootecnia: Pontes e Lacerda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais