https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/06/WWWW_MG_5737.jpg

TROCA DE FARPAS

Emanuel alfineta Mendes e dispara que ‘RGA não se discute, se paga’

Abdalla Zarour

Após divulgar a concessão de 1,69% da Revisão Geral Anual (RGA) para os servidores efetivos ativos do município, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) não perdeu a oportunidade para, sem citar nomes, alfinetar a administração estadual que afirma não ter condições de pagar a reposição salarial.

“RGA não se discute, se paga e se cumpre. RGA não é aumento, não é reajuste, é recomposição das perdas inflacionárias do ano anterior. É uma conquista, é um direito constitucional. Portanto, qualquer ação contra a RGA é um retrocesso, um desrespeito à categoria e ao trabalhador”, disse.

Apesar de defender a valorização do servidor e o pagamento o RGA, as declarações atingem diretamente o governador Mauro Mendes (DEM), que enfrenta greve dos professores desde o dia 27 de maio, não atendendo a solicitação dos servidores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 9 de julho de 2019 às 20:00:57