https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/07/Capturar-2.png

HONRARIAS

Presidente do STF será condecorado pelo Poder Judiciário de MT

STF
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Dias Tofolli, receberá na próxima quinta-feira (18 de julho), às 11h, em sessão solene do Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, a mais alta honraria concedida pela instituição: a Medalha do Mérito Judiciário Desembargador José de Mesquita.
A outorga da medalha será feita pelo presidente do TJMT, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha, em nome de todos os integrantes do Pleno, em solenidade a ser realizada no Plenário 1, com a participação dos 30 desembargadores do Estado.
Instituída por meio da Resolução 6/84 do Pleno, a honraria tem o objetivo de homenagear pessoas naturais ou jurídicas que tenham prestado relevantes serviços à Justiça mato-grossense ou à cultura jurídica.
Agenda – Em Mato Grosso, o ministro Dias Toffoli cumprirá extensa agenda de trabalho em várias instituições, dentre as quais o TJMT, que sediará reunião interna de trabalho com todos os presidentes de Tribunais de Justiça do país. Esse encontro será realizado na sexta-feira (19 de julho), às 10h, no Plenário 1 do edifício-sede do TJMT.
Integrarão a comitiva do ministro o presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Jayme de Oliveira; a vice-presidente da AMB e presidente da Associação de Magistrados do Estado do Rio de Janeiro, Renata Gil; a secretária-geral da Presidência do STF, Daiane Nogueira de Lira; o juiz auxiliar da Presidência do STF, Márcio Boscaro; os juízes auxiliares da Presidência do CNJ, Carl Smith e Camila Plentz Konrath; o diretor do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário e do Sistema Socioeducativo do CNJ, Luís Geraldo Lanfredi; o coordenador de Segurança Institucional do CNJ, Marcelo Ribeiro Pires; a assessora-chefe de Cerimonial do STF, Célia Regina Gonçalves; e o assessor-chefe de Comunicação da Presidência do STF, Adão Paulo Martins de Oliveira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais