https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/07/flag_18_07_19.jpg

COMBATE AO TRÁFICO

Operação conjunta prende sete traficantes na capital

PJC-MT

Sete traficantes foram presos nesta quinta-feira (18), em operação conjunta da Polícia Civil com a Polícia Militar, por meio da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE), com o 1º Batalhão de Polícia Militar, 3º Batalhão, 24º Batalhão e a Força Tática.

Logo cedo, os policiais distribuídos em equipes nos bairros Pedra 90, Fortaleza, Lixeira, Praeirinho, Residencial Coxipó, Santa Terezinha, Jardim Paraiso e Maria de Lurdes, cumpriram 10 mandados de busca e apreensão, expedidos pela Vara de Delitos de Tóxicos de Cuiabá, após averiguações de denúncias do comércio de drogas, nas chamadas bocas de fumos, instaladas nesses bairros.

O objetivo da operação foi o combate ao tráfico de drogas e aos crimes conexos de roubos, furtos e homicídios. Nos locais, foram apreendidos porções de drogas, dinheiro, caixas de cigarros e arma de fogo do tipo espingarda.

O delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira destacou a integração das polícias no fortalecimento do combate ao tráfico de drogas na região metropolitana.

“Fizemos um levantamento e nesta manhã cumprimos em conjunto com a PM dez mandados de busca e apreensão. Agora o objetivo é dar continuidade nas investigações para que possamos identificar outros envolvidos nessa associação criminosa.

O tenente-coronel da Polícia Militar Avelino Neto também comentou o trabalho integrado realizado nesta manhã. “Essa é uma operação muito importante que destaca a integração entre as forças policiais no enfrentamento à criminalidade. Essas ações, além de serem repressivas, têm um impacto muito grande na questão da prevenção, porque demonstra que as forças policiais estão trabalhando em prol da criminalidade. A Polícia Militar e a Polícia Civil estão caminhando juntas para redução da criminalidade na Grande Cuiabá e em todo o Estado de Mato Grosso”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais