https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/08/Aleitamento-materno.jpg

AGOSTO DOURADO

SES mobiliza municípios em ações voltadas ao aleitamento

Divulgação

A Secretaria de Estado de Saúde disponibiliza uma série de ações para a promoção do aleitamento materno, voltadas aos 141 municípios. As atividades estão inseridas na Agenda Única do Agosto Dourado 2019, por meio da Equipe de Promoção do Aleitamento Materno e Alimentação Complementar Saudável.

De acordo com a área técnica, 69 municípios realizaram as inscrições de suas atividades no formulário da Agenda Única. O link http://www.saude.mt.gov.br/informe/546 ainda está disponível para novas inscrições e adesões dos municípios que não se inscreveram.

Criada em 1992, a Semana Mundial da Amamentação (SMAM) é celebrada entre os dias 1º a 7 de agosto. No Brasil, por meio da Lei 13.435/2017, foi instituído o mês do Aleitamento Materno, sendo denominado “Agosto Dourado”, em referência ao leite materno, que é considerado padrão ouro para a alimentação da criança menor de dois anos. Neste mês, as ações de promoção do aleitamento materno são intensificadas em todo o país.

Membro da Coordenadoria de Promoção e Humanização da Saúde da Superintendência de Atenção à Saúde da SES-MT e nutricionista, Rodrigo Carvalho destaca a importância do leite materno para a saúde dos bebês.

“O leite materno contém todos os nutrientes necessários para o crescimento e desenvolvimento, até os seis meses, e, em proporções ideais, a sua capacidade digestiva auxilia na formação das células de defesa; reduz o risco de alergias; melhora a resposta à vacinação; melhora o desenvolvimento da cavidade bucal; melhora o desempenho em testes de QI e diminui o risco de doenças crônicas. Para a mãe, o aleitamento ajuda a retornar ao peso pré-gestacional, reduz o risco de hemorragia após o parto e a chance de câncer de mama, além de promover o vínculo afetivo entre mãe e filho e a melhora da qualidade de vida para toda família”, explica.

Bancos de leite

Em Mato Grosso, existem dois postos de coleta e três bancos de leite humano. O Hospital Geral conta com o centro de referência Dr. José de Faria Vinagre e disponibiliza um posto de coleta dentro do Hospital e Maternidade Santa Helena, em Cuiabá. O Hospital Universitário Júlio Müller também conta com um banco de leite e disponibiliza um posto de coleta dentro do Hospital Infantil e Maternidade Femina, também na Capital. O terceiro banco de leite está localizado em Rondonópolis, no Hospital Santa Casa.

Uma análise da produção dos bancos no Estado, entre 2009 e 2018, revelou que o número de doadoras de leite humano aumentou em 186%; que o volume de coletas aumentou em 73%; e o número de receptores de leite humano aumentou em 54%.

Uma análise apenas das unidades localizadas em Cuiabá revela o aumento de 25% no número de doadoras e de 20% no volume de leite doado. Em 2018, observou-se um aumento de 43% no número de doadoras de leite materno nos meses de maio e junho, quando comparados aos demais meses do ano.

Essa tendência é observada também nos anos anteriores. “Esse aumento também é resultado das campanhas promovidas pela Secretaria de Estado de Saúde no Dia Mundial de Doação de Leite Humano”, pontua Rodrigo Carvalho.

Em âmbito estadual, a Secretaria de Estado de Saúde realiza, em parceria com a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, a 1ª Semana de Arte e Cultura da Amamentação de Mato Grosso 2019. O evento é gratuito, acontecerá a partir desta quinta-feira (01.08) e celebrará uma grande ação de promoção do aleitamento materno por meio da arte e da diversidade cultural.

Serão ofertados quatro minicursos para públicos específicos, de forma a fortalecer a cultura do aleitamento materno entre as mulheres puérperas, gestantes e lactantes, profissionais da Saúde e da Educação. São eles:

1 – Oficina de sensibilização para monitoramento da NBCAL (Norma Brasileira de Comercialização de Produtos para Lactentes e Crianças de Primeira Infância) – Bicos, Mamadeiras e Chupetas, com Maria Cristina Passos, da Rede IBFAN Brasil, nos dias 1 e 2 de agosto. Público alvo: referências técnicas regionais da SES-MT.

2 – Amamentação: uma prática cultural, com Maria Lúcia Futuro, no dia 2 de agosto. Público alvo: professores das escolas de Cuiabá e Várzea Grande cadastradas no Programa Saúde na Escola.

3 – Conexão Ventre-Amamentação, com Nancy Ribeiro, professora de dança oriental de Goiânia, no dia 2 de agosto. Público alvo: mulheres puérperas.

4 – Massagem para bebês: vínculo e afeto, com Josemara, Edileuza e Jesiele, do Super Mães Grupo de Apoio, no dia 5 de agosto. Público alvo: mulheres gestantes, lactantes e profissionais da saúde.

Serviço

O evento conta com apoio da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, do Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros, do Cine Teatro Cuiabá, do Palácio da Instrução, da Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça, do Ateliê 569, da Super Mães Grupo de Apoio, da Rede IBFAN Brasil, da WABA Brasil, da Femina Hospital Infantil e Maternidade e da Faculdade de Nutrição da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

As atividades artísticas serão gratuitas e abertas ao público em geral.

Confira a programação completa

01/08/2019
Local: Cine Teatro Cuiabá
19h30 – Abertura da I SACA MT 2019
20h – Exibição do filme Tigers – Censura 14 anos
21h30 – Debate do filme com Maria Cristina Passos, da Rede IBFAN Brasil.

02/08/2019
Local: Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros
20h – Show “Força Mulher”, com Estela Ceregatti.
Censura livre.

03/08/2019
Local: Biblioteca Pública Estadual Estevão de Mendonça – Palácio da Instrução
15h – Abertura da exposição de arte “Arte de Amamentar”
Artistas participantes: Anna Pretta, Irani Gomes, Lourdes de Paula, Ludmila Brandão, Nice Aretê, Paty Wollff, ROCalazans, Rosylene Pinto, Tula Kirst, Adriana Milano, Cida Silva, Dayana Trindade, Rodolfo Carli, Amaury Santos, Mari Gemma De La Cruz, Arachely Tristão, Ferraz Ronei, Ruth Albernaz, Bia Corrêa, Nancy Ribeiro e Maria Lúcia Futuro. Curadoria de Ferraz Ronei.

A exposição seguirá aberta ao público até o dia 30 de agosto, de segunda a sexta, das 8h às 18h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais