https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/08/c1faa2612de598f542f2df97b3deeedc.jpg

ALFINETOU TAQUES

Jaime cita feitos de Mendes e diz: “não tem bobó cheira-cheira”

Alair Ribeiro

O senador Jaime Campos (DEM) aproveitou um evento realizado em Várzea Grande, na última semana, para rasgar elogios ao governador Mauro Mendes (DEM) e alfinetar a gestão do antecessor, o ex-governador Pedro Taques (PSDB).

 

Para tanto, o democrata citou, por exemplo, a reinauguração do Hospital Estadual Santa Casa, após uma reforma completa feita pelo Governo do Estado.

 

“Tenho a certeza que vossa excelência vai mudar a história de Mato Grosso. Não só através das grandes obras, como foi há poucos dias reabrindo as portas da Santa Casa, que ficou fechada por meses. Ali, não tinha dinheiro para pagar a folha salarial, muito menos para comprar remédio e oferecer às pessoas carentes. E hoje a Santa Casa de Mato Grosso é um local que vai atender toda a população”, disse Jaime, em trecho de seu discurso.

“É assim que faz gestão, governador Mauro Mendes: trabalhando pelo povo. É atendendo o povo de forma direta. Porque um gestor público não se realiza pelas suas bonitas falas, se realiza com suas ações, atitudes e, acima de tudo, por aquilo que faz pela sua gente”, acrescentou.

Ele lembrou, também, a recém-aprovação do projeto de autoria do Executivo, que reinstitui os incentivos fiscais e traz mudanças na cobrança de ISMC em Mato Grosso.

 

“Cumprimento ainda o governador pela sua coragem, por ter feito o enfrentamento contra aqueles cidadãos que, muitas vezes, usurpavam do Governo e quase nada ofereciam em contrapartida”, disse.

 

Segundo o senador, com a aprovação do projeto, Mendes terá um incremento na receita permitirá ampliar os investimentos em áreas como Saúde, Segurança Pública e Educação.

 

“Bobó cheira-cheira”

 

Ainda em seu discurso, Jaime Campos se valeu de uma frase usada pelo ex-governador Pedro Taques. O objetivo foi alfinetar a gestão do tucano.

 

“Aqui em Várzea Grande os repasses do Governo estavam há quase oito meses atrasados. A prefeita [Lucimar Campos] suava a camisa para manter os postos de saúde, o Pronto-Socorro e as UPAs funcionando. Hoje, está em dia”, disse.

 

“Por isso, governador Mauro Mendes, sua a história, não tenho dúvida nenhuma, vai marcar época. Não tem essa conversa de enganar, de ‘bobó cheira-cheira’. Tem conversa séria. Prometeu, vai cumprir. O que não pode cumprir, não prometa”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais