https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/08/chicago-ambulancia-05082019105917866.jpeg

DEZ FICARAM FERIDOS

Tiroteios em Chicago lotam hospital e forçam fechamento de emergência

Divulgação

O Hospital Mount Sinai, em Chigado (EUA), parou de aceitar chamados comuns neste domingo (4) para atender as vítimas de tiroteios que ocorreram no Estado neste final de semana. As informações são da rede de notícias CNN.

Todas as ambulâncias que chegaram no hospital foram desviadas para outros hospitais, informou a vice-presidente sênior para assuntos externos, Roberta Rakove.

Chefe de polícia pede solução nacional para tiroteios

Em uma coletiva de imprensa neste domingo, o chefe da polícia, Eddie Johnson, informou que três tiroteios foram registrados no Estado que resultaram em 10 feridos e um morto.

Durante a coletiva, Johnson também fez comentários sobre os tiroteios de El Paso e Ohio. “Você tem que parar e se perguntar o que será necessário antes de entendermos o que está acontecendo”, afirmou Johnson. “Não só em Chicago, mas em todo o país.”

“Dos departamentos de polícia aos sistemas judiciais, dos promotores aos legisladores — temos que nos unir e descobrir soluções mais sensatas para esses problemas, porque claramente muitos de nossos cidadãos estão sendo mortos”.

De acordo com Rakove, o Hospital Mount Sinai voltou a atender normalmente na manhã desta segunda-feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais