https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/08/a3ba00e86d683533ca161c5da1158935-e1539713107566-785x466.jpg

ALFINETADAS

Mendes critica Emanuel por se gabar de alianças políticas antes do tempo

João Vieira

O governador Mauro Mendes (DEM), em entrevista ao Jornal do Meio Dia, nesta segunda-feira (5), fez críticas diretas ao prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), que se gaba por receber, segundo ele, apoio político dos principais caciques democratas para sua reeleição.

“Quem trabalha e entrega resultado, não precisa se preocupar em ficar fazendo aliança política antes do tempo”, alfinetou Mauro.

Mendes lembrou ainda que, seu antecessor, Pedro Taques (PSDB), ficava falando de seus eventuais apoios antes do tempo.

“Eu lembro bem dessa conversinha do governador que eu sucedi. Que ficava um ano e meio antes falando de aliança, que tinha um monte de gente apoiando. Foi para a eleição, não trabalhou direito e ficou em terceiro lugar”.

Mauro avalia que ainda é muito cedo para falar de eleições 2020, que não só Pinheiro, como os demais prefeitos, têm que mostrar resultados à população, que está atenta aos movimentos dos políticos.

“Então vale para o prefeito Emanuel Pinheiro e para qualquer prefeito. Quer ganhar a eleição, trabalhe, entregue resultados. Chegue lá nas eleições bem avaliado. A população não é besta, sabe distinguir quem trabalha de verdade e quem fica de conversa fiada”, falou o governador.

O Democratas muito inspirado, falou do seu próprio partido,  reconheceu que está distante da política partidária e que não tem dado atenção devida aos Democratas, que, desde de janeiro, reclamam da falta de espaço e cargos mais estratégicos no Governo.

“Estão cobrando um pouco mais de carinho, de chamego (risos). Talvez tenham um pouco de razão, mas eu peço a eles paciência, porque eu fui contratado pela população para consertar Mato Grosso”, ressaltou.

Em relação ao ex-governador Júlio Campos, o governador avaliou e elogiou seu amigo partidário.“Júlio Campos é um querido, teve o seu tempo, fez história na política e merece todo o nosso respeito. Mas, no momento, estamos fazendo muitos enfrentamento e as vezes falta tempo para dar essa atenção política[…] Mas vai ter o tempo do cafezinho, mas por enquanto é o tempo do trabalho sério para tomar decisões em prol do Estado”, enfatizou o governador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 7 de agosto de 2019 às 15:51:50
  • 7 de agosto de 2019 às 15:48:16