https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/08/7f34e1315294fd23e33793801a81ba13-785x466.jpg

OPERAÇÃO MANTUS

Tribunal de Justiça de MT manda soltar genro de João Arcanjo Ribeiro

Montagem

Errata: A assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de Mato Grosso informou, há pouco, que o ex-comendador João Arcanjo Ribeiro não ganhou a liberdade, como havia sido divulgado por este portal de notícias, na tarde desta quarta-feira (7), em decisão em que os desembargadores da Terceira Câmara Criminal concederam habeas corpus para o seu genro, Giovanni Zem Rodrigues.

Giovanni Zem Rodrigues teve dois pedidos de habeas corpus acolhidos pelos desembargadores da Terceira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ/MT) na tarde desta quarta-feira (7).

Arcanjo e o genro foram presos em 29 de maio deste ano na “Operação Mantus”, deflagrada pela Gerência de Combate ao Crime Organizado – GCCO – acusados de liderarem uma organização criminosa responsável pelo jogo do bicho no Estado.

“Estou concedendo a ordem para colocar tornozeleira eletrônica, entrega de passaporte, entre outras medidas cautelares”, disse o desembargador Rui Ramos,  relator ao votar pela concessão de liberdade.

O voto dele foi acompanhado pelos demais membros da Câmara Criminal: desembargadores Juvenal Pereira da Silva e Gilberto Giraldelli.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 8 de agosto de 2019 às 09:42:46
  • 8 de agosto de 2019 às 07:42:58