https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/08/diniz.jpg

APÓS DERROTA

Fernando Diniz não é mais técnico do Fluminense

LUCAS MERÇON / FLUMINENSE

Fernando Diniz não é mais o técnico do Fluminense. A queda aconteceu horas depois da derrota para o CSA, por 1 a 0, no Maracanã, o nono revés em 15 jogos no Campeonato Brasileiro. A entrada na zona de rebaixamento foi a gota d’água para que treinador e clube encerrassem o contrato.

O auxiliar técnico Marcão, que chegou ao clube no meio do ano, assume a equipe interinamente. Na próxima quinta-feira, o Tricolor enfrenta o Corinthians pelas quartas de final da Copa Sul-Americana, em São Paulo. Nesta segunda, o atacante Wellington Nem conversaria com a imprensa após a reapresentação do elenco, mas a janela para os repórteres foi cancelada.

Diniz convocou entrevista coletiva nesta tarde, às 16h, para falar com a imprensa sobre a saída do Fluminense.

A repercussão do resultado negativo foi grande no estádio. Nas arquibancadas, a torcida – que em outros tempos deu suporte ao trabalho e ao estilo de jogo – fez a maior manifestação contra jogadores e comissão técnica nessa temporada. Diniz foi xingado, e os atletas, chamados de “sem vergonha”.

Isso depois de o vice-presidente geral do clube, Celso Barros, nome forte do futebol tricolor, dar tom incisivo de cobrança em entrevista coletiva na última terça-feira. Antes, o cartola convocou reunião com comissão técnica e elenco com foco nos resultados ruins na temporada. Celso não foi ao Maracanã no último domingo. Após o resultado, Diniz esteve no vestiário com o presidente Mário Bittencourt e o diretor Paulo Angioni, mas negou que a permanência foi assunto na conversa.

O treinador foi contratado em dezembro de 2018, ao fim da última temporada. Deixam o clube junto dele o auxiliar técnico Márcio Araújo e o preparador físico Wagner Bertelli. Neste ano, o Fluminense de Diniz jogou 44 jogos, venceu 18, empatou 11 e perdeu 15. Neste ano, o Tricolor marcou 71 gols e sofreu 48, tendo 49,2% de aproveitamento. Ele deixa o Fluminense no 18º lugar na tabela do Brasileirão, com 12 pontos e a segunda pior defesa do torneio, atrás apenas da Chapecoense.

Leia a nota do Fluminense

“O Fluminense FC desligou, na manhã desta segunda-feira (19/08), o técnico Fernando Diniz. O clube agradece ao treinador e deseja sorte em sua carreira.

A diretoria trabalha na contratação do novo treinador e o auxiliar técnico Marcão assume a equipe interinamente.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais