https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/08/180515_-_jovem_celular_0826-785x466.jpg

PRODUTO DE FURTO

Mulher é detida por se apropriar de celular achado

Valter Campanato/Agência Brasil

Uma jovem na posse de um aparelho celular furtado foi presa pela Polícia Judiciária Civil, na manhã desta terça-feira (20), no município de Confresa (1.160 km a Nordeste), durante investigação do furto.

M.C.A.N., 24 anos, responderá pelo delito de apropriação de coisa achada. A suspeita foi surpreendida em uma residência no bairro Setor Genoveva, em poder o telefone móvel que foi recuperado.

Em diligências para elucidar o furto do celular da marca Samsung, ocorrido no mês de maio, em uma residência no bairro Jardim Vitória, os policiais civis conseguiram identificar o local onde o aparelho estava, em um imóvel no bairro Setor Genoveva

Em checagem pelo número de IMEI foi constatado se tratar do produto de furto. Na ocasião, uma encontrada na posse do aparelho celular e alegou que havia achado o telefone caído em um canteiro de plantas, nas proximidades de um cartório, bem como acabou se apropriando do objeto sem procedência.

Diante dos fatos, M.C.A.N. foi conduzida à Delegacia de Confresa para esclarecimentos. Ela foi ouvida  e será indiciada por apropriação de coisa achada, conforme artigo 169 do CP, com pena de detenção de 1 mês a 1 ano ou multa. Já o aparelho celular recuperado será restituído para vítima.

A Polícia Civil destaca a importância do cidadão, que vier a apropriar-se de coisa alheia, tem o prazo de 15 dias para devolução do objeto, sendo assim para não incorrer no crime.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 22 de agosto de 2019 às 09:07:13