https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/04/46454962954_964328fe8c_k.jpg

QUEIMADAS NA AMAZÔNIA

Mendes "detona" presidente da França ao tratar queimadas com Bolsonaro em Brasília; vídeo

Reprodução

O governador Mauro Mendes (DEM) detonou o presidente da França, Emmanuel Macron, em uma reunião, na manhã desta terça-feira (26), com o presidente da República, Jair Bolsonaro, e governadores da Amazônia Legal, em Brasília.

Mendes disse que Macron quer “surfar nas cinzas da Amazônia” para obter vantagem junto aos produtores franceses, em decorrência das notícias relacionadas às queimadas na Amazônia Legal.

Mauro Mendes atribuiu a “guerra de comunicação” sobre a questão envolvendo as queimadas na Amazônia Legal, com patrocínios feitos por países concorrentes do Brasil.

“O senhor Macron, que é um concorrente de nossos produtos do agro, ele está surfando nas cinzas da Amazônia, mas na verdade, ele não está preocupado com nosso meio ambiente, ele está preocupado em criar mecanismos para possíveis barreiras verdes ligada a essa questão de um comportamento não adequado aqui no nosso país”.

O chefe do executivo estadual disse que Mato Grosso é um dos estados que mais produz grãos no país, respeitando os ativos ambientais.

“Somos os primeiros em soja, milho, algodão, gado, vamos crescer fortemente na produção de etanol e fazemos isso preservando 63% da nossa área”, comentou.

Mendes citou a importância do agronegócio brasileiro, responsável pela elevação da balança comercial.

“Essa atividade é feita diretamente ligada aos ativos ambientais, porque ela é feita usando nosso solo.  A imagem de nosso estado, do nosso país, nesse aspecto ambiental, é extremamente importante para nossas relações com nossos clientes fora do mundo”.

Mauro Mendes alegou ao presidente Jair Bolsonaro uma grande preocupação sobre a imagem do país lá fora quando as notícias divulgadas, há pelo menos duas semanas, do aumento do desmatamento ilegal, com números divulgados pelo Inpe, com os incêndios na região da Amazônia.

O governador também chamou a atenção sobre a questão ambiental envolvendo somente a floresta amazônica.

“Eu participei de uma reunião na Fiesp. Vocês falam de meio ambiente apontando para Amazônia e olha como está o rio Tietê, porque vocês não preservam aqui no estado de São Paulo”, alfinetou.

Mendes elogiou as ações promovidas pelo Governo Federal para conter os incêndios florestais.

“Eu vejo que o esforço que o Governo Federal faz, de entrar de forma determinativa  com nossas Forças Armadas esperado, de apagar os incêndios”.

Ao final, o governador pediu a Bolsonaro que a política de comunicação do Governo Federal em relação ao meio ambiente seja aperfeiçoada.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 27 de agosto de 2019 às 14:28:49