https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/09/856.jpg

NOTÍCIAS DE JARAGUÁ

O mundo de olhos postos na Amazônia

Reprodução

O incêndio que tem vindo a devorar a Amazônia ao longo dos últimos dias criou uma onda de preocupação global. Compreenda melhor o impacto da destruição da Floresta Amazônica no mundo.

A maior tragédia ambiental do século XXI está a acontecer neste momento. A Amazônia está em chamas e o fogo intenso foi já responsável pela destruição de inúmeros seres vivos. O fumo cobre e escurece as cidades mais próximas.

De olhos postos sobre o Brasil, o mundo relembra todas as questões discutidas ao longo dos últimos anos sobre a necessidade de criar um mundo mais sustentável e no qual os recursos sejam protegidos.
O desmatamento intenso, levado a cabo pelo governo do atual presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, está a ser apontado como uma das causas deste triste evento destrutivo.

Mas, afinal, como é que esta situação pode ser encarada do ponto de vista da sustentabilidade? E como é que as políticas empresárias podem relacionar-se com este incêndio? Haverá uma relação entre esta catástrofe e as alterações climáticas? Venha saber mais sobre esta questão.

As alterações climáticas e o incêndio na Amazônia

Não existem dúvidas de que, ao redor do mundo, as tentativas para melhorar a sustentabilidade do mundo têm sido visíveis. Novos conceitos e práticas, como o desperdício zero, têm sido implementados por indivíduos, empresas e mercados de todo o mundo. Uma das preocupações prende-se, justamente, com as alterações climáticas e os seus efeitos.

Neste caso em particular, pode ser alegada a relação entre a perda de floresta devido ao manejo e desmatamento das matas e o aumento no número de incêndios florestais.

Sendo um dos principais pulmões do planeta, a Amazônia tem vindo a ser longamente referida como um dos tesouros naturais que deve ser protegido, sob o risco de colocar em perigo o nosso ecossistema e, como tal, também a vida humana.

O corte e a queima de árvores são responsáveis pelo aumento das emissões de carbono e trata-se, por isso, de uma ameaça ao ecossistema e à biodiversidade.

Além de o incêndio potencialmente derivar do desmatamento e das consequentes alterações climáticas, este será, portanto, também responsável por uma mais célere alteração climatérica, colocando em risco a vida de todos os seres vivos.

As atuais políticas brasileiras tiveram impacto nesta questão?

O desmatamento tem sido uma das questões mais debatidas desde a tomada de posse de Jair Bolsonaro. Defensor de uma política orientada para os negócios, este presidente propunha, já em tempo de campanha, abria a Amazónia para fins empresariais. Cumprindo esta promessa, o desmatamento da floresta tornou-se evidente e preocupante para os ambientalistas.

Consequentemente, o aumento dos focos de incêndio sofreram também um aumento, face aos anos anteriores, na ordem dos 83%.

Na Amazônia, várias árvores têm sido derrubadas para abrir terrenos de plantação, de pasto ou simplesmente para a exploração da madeira.

Os especialistas ambientais acreditam que o desmatamento e o aumento dos incêndios acabarão por alterar por completo o cenário de uma das principais florestas tropicais do mundo, sendo provável que as suas caraterísticas passem a assemelhar-se às de uma savana.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *