https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/09/n-full-16x9.jpg

FEZ MANOBRA

Satélite de Elon Musk quase colide com satélite europeu no espaço

Reprodução/Twitter

A ESA, a agência espacial europeia, publicou nesta segunda-feira (2) em sua conta do Twitter que precisou lançar propulsores em seu satélite Aeolus para evitar uma colisão com o satélite Starlink, da SpaceX.

“A manobra ocorreu cerca de meia órbita antes da colisão em potencial. Pouco tempo depois que a colisão era esperada, #Aeolus ligou para casa como sempre para enviar seus dados científicos – provando que a manobra foi bem-sucedida e que uma colisão foi realmente evitada”, informa na conta do Twitter ESA Operations.

“Os especialistas da nossa equipe do #SpaceDebris calcularam o risco de colisão entre esses dois satélites ativos, determinando que a opção mais segura para o #Aeolus seria aumentar sua altitude e passar pelo satélite @SpaceX”, complementa a agência espacial europeia.

Segundo a agência europeia, foi a primeira que teve que mover um satélite para evitar uma colisão.

A SpaceX, não comentou sobre o assunto em suas contas oficiais. Em maio desse ano, a empresa do Elon Musk lançou 60 satélites para o projeto Starlink, que tem como objetivo se conectarem entre si, criando uma rede para levar a internet de alta qualidade para as aéreas mais remotas do mundo.

Segundo o bilionário, o objeto é levar para o espaço 12 mil satélites, cerca de 2 mil por ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais