https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/09/55733fbc267e2ef3532d3f242b5795a5-e1521144522483-785x466.jpg

MENDES X EMANUEL

Júlio Campos tenta abafar rixa entre DEM e MDB para eleições de 2020

Reprodução

Considerado o cacique do Democratas, o ex-governador Júlio Campos tenta minimizar os impactados da rixa que ocorre entre o governador Mauro Mendes (DEM) e o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), que insiste ter o apoio do Democratas nas eleições de 2020.

Apesar de Mendes negar palanque a Emanuel, Campos defendeu que, mesmo que o partido já possua nomes para lançar candidatura própria, é importante que haja diálogo com todas as siglas.

“Agora isso não significa que a gente descarta possibilidade de uma coligação, e se não houver possibilidade porque não manter uma porta aberta e discutir politicamente com MDB, que é nosso aliado a nível estadual, com o PSD de Fávaro, com PDT, do nosso vice-governador Pivetta”, afirmou.

Nos bastidores, nomes como o do presidente do Democratas, Fábio Garcia, do secretário Municipal de Educação de Cuiabá, Gilberto Gomes de Figueiredo, do secretário da Casa Civil Mauro Carvalho e do ex-prefeito de Cuiabá Roberto França são citados como potenciais para disputa à Prefeitura de Cuiabá em 2020.

Contudo, Júlio defende que ainda é muito cedo e “qualquer precipitação” pode afetar o cenário político no pleito do ano que vem.

“Vamos com calma, vamos com tranquilidade que a sucessão de 2020, segundo Mauro Mendes e segundo Jayme Campos tem que ser em 2020”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 11 de setembro de 2019 às 14:24:08
  • 11 de setembro de 2019 às 14:21:42