https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/09/xuxu.jpg

CHAMADO DE HIPÓCRITA

'Não nomeei meu pai em cargo público', diz Dal Molin após ofensa de Ulysses

Reprodução

Os deputados estaduais Ulysses Moraes (DC) e Xuxu Dal Molin (PSC) emplacaram uma discussão e troca de ofensas durante sessão plenária desta quinta-feira (12) na Assembleia Legislativa. O bate boca se iniciou após Ulysses chamar Dal Molin  de “hipócrita” por defender redução de gastos, mas votar a favor de novas contratações.

“Muito me impressiona o deputado Xuxu falar o que disse, uma vez que ele sobe a esta tribuna, defende a redução de gastos, faz banner defendendo a redução de imposto, faz toda aquela parafernália no discurso. Mas na prática, quando tem a oportunidade de impedir que o governador nomeie novos cargos, que aumente cargo em sociedade de economia mista, o deputado não se manifesta e vota com a base. Vossa Excelência para utilizar este microfone tinha que parar de ser demagogo”, disparou Moraes.

Durante o conflito, os parlamentares debatiam sobre o projeto de adequação do MT PAR de autoria do Governo do Estado, que prevê ampliação do número de membros do Conselho de Administração e Fiscal, assim como a Diretoria Executiva.

Contudo, em resposta, Dal Molin pediu para o colega “abaixar a bola” e insinuou que ele nomeou o pai em cargo público e que usa passagens da Assembleia Legislativa para ir a encontros políticos do Movimento Brasil Livre (MBL).

“Eu não nomeei meu pai em cargo público nenhum, então abaixa sua bola por gentileza. Não tenho cabide de emprego aqui, já liberei o Governo com todos meus cargos. Estou aqui como cidadão, não me apego a grupinho nenhum, a movimento nenhum, não uso passagem desta casa para ir em reunião política, para movimento, então só me respeite. Eu viajo, não peguei diária desta casa e estou trazendo resultado. O que estou falando é que estamos autorizando o Governo. É para ajudar a desenvolver. Agora não desenvolve o Estado com cabide de emprego”, rebateu.

Em sua tréplica, Ulysses frisou que seu pai não ocupa nenhum cargo público atualmente e questionou se Xuxu leu o projeto antes de votar e atacá-lo durante a sessão.

“Meu pai não ocupa nenhuma função pública hoje. Meu pai é muito maior que eu, já ocupou secretarias em diversos estados, teve vários cargos públicos e se por ventura foi nomeado em qualquer cargo, não teve influência alguma ou qualquer tipo de indicação. Vossa Excelência leu o projeto? Sabe do que trata o projeto? Ou veio aqui sem ler o projeto? Se vossa Excelência nem ao menos leu o projeto de lei, como vossa excelência vota?”, finalizou.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 13 de setembro de 2019 às 14:06:19
  • 12 de setembro de 2019 às 22:07:17