https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/09/ede2d65533619c3604403597a96cc6ee.jpg

MT-060

Dentista que morreu na MT-060 pode ter sido baleado antes do acidente

O dentista Cleodson Alves Figueiredo Filho, de 31 anos, que morreu em um acidente na MT-060, em Nossa Senhora do Livramento (42 km de Cuiabá), pode ter sido baleado antes do capotamento na última segunda-feira (9).

Um inquérito foi instaurado pela 3ª Delegacia de Várzea Grande da Polícia Judiciária Civil, apura duas linhas de investigação: homicídio ou latrocínio (roubo seguido de morte).

Cleodson dirigia um veículo HB20 que colidiu com um Renault Oroch. Na ocasião, os dois carros capotaram. O dentista não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local do acidente.

As suspeitas de homicídio ou latrocínio foram levantadas após os ocupantes do Oroch fugirem do local em um Fiat Uno do Conselho Tutelar, cujo motorista parou para ajudar as vítimas.

Posteriormente, a Polícia identificou que havia uma queixa de roubo/furto do Oroch.

Segundo a assessoria de imprensa da PJC, no momento está sendo aguardando o laudo pericial feito no local do acidente e no veículo, para verificar se o veículo teria sido atingido por tiros.

Também é aguardado o resultado da necropsia feita no corpo dentista, para saber se ele foi atingido por algum disparo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 13 de setembro de 2019 às 15:49:10
  • 13 de setembro de 2019 às 10:43:00