https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/08/433b3db3a2acd5efd223a9e0470c5e40.jpg

GRAMPOLÂNDIA PANTANEIRA

Secretário de Segurança diz que ainda não localizou placas de escutas telefônicas do Gaeco

Alair Ribeiro/Midianews

O Secretário de Estado de Segurança Pública (Sesp), Alexandre Bustamante, supôs que ele pode ter recebido as placas de escutas telefônicas, cedidas ao órgão pelo Ministério Público Estadual (MPE-MT) em 2010, época em que ainda se chamava Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

O comentário foi feito no fim da tarde desta segunda-feira (16), após o evento de lançamento do edital de credenciamento de médicos legistas para atuar na Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), na sede do Governo do Estado, em Cuiabá.

De acordo com o titular da pasta, a Sesp aguarda que o MPE envie o termo de recebimento da escutas.

Segundo ele, a Secretaria não tem conhecimento do paradeiro dos equipamentos e nem se de fato eles chegaram a ser entregues no órgão de segurança.

“Eu estou aguardando o Ministério Público enviar o recibo, eu não sei nem dizer se chegaram ou não. Estamos falando de 10 anos atrás e eu não sei quem recebeu. Pode ter sido pelo secretário da época que era o Diógenes Curado, pode ter sido inclusive por mim ou qualquer outra pessoa lá dentro”, explicou.

Questionado sobre o prazo para receber o comprovante, Alexandre disse quem estima tempo é o MPE.

“O prazo é do Ministério Público, não é no meu prazo. Eles que estão fazendo a investigação e eles é quem necessitam dessa situação”, disse.

O caso das placas veio à tona depois de militares, réus na Grampolândia Pantaneira, informarem em depoimento, que os equipamentos usados para espionar políticos e autoridades pertenciam ao Ministério Público.

Contrariando as acusações dos militares, o procurador-geral de Justiça, José Antônio Borges, emitiu uma nota no dia 06 de agosto, afirmando que os equipamentos em questão foram cedidos à Sejusp, por meio de um termo de cessão, assinado há 9 anos.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 17 de setembro de 2019 às 21:01:04
  • 17 de setembro de 2019 às 15:47:37