https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/09/Adilton-Sachetti.jpg

ELEIÇÕES SUPLEMENTARES

Adilton Sachetti quer cadeira de Selma Arruda no Senado e apoio de Blairo Maggi na campanha

Divulgação

Ex-deputado federal Adilton Sachetti (PRB) afirmou nesta quinta-feira (19) que pretende disputar a cadeira que atualmente é ocupada por Selma Arruda (Podemos-MT) no Senado, caso ela seja cassada do cargo por abuso de poder econômico e prática de caixa 2.

Sachetti esclareceu que deve articular apoio do ex-ministro da Agricultura, Blairo Maggi, que até então também estaria supostamente de olho na vaga.

Apesar do burburinho, Maggi descarta a participação no pleito e da vida política em 2020.

“Blairo devo conversar com ele pois todo apoio é importante principalmente da expressão dele”, disse.

Questionado sobre a migração de Selma do PSL para Podemos, Sachetti avaliou que a decisão foi correta, já que “Está indo pra um partido que de apoio à ela”.

Cassação

O Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso (TRE-MT) havia cassado o mandato da senadora por abuso de poder econômico e caixa 2. Na ocasião, a decisão foi unânime, por 7 a 0.

Selma entrou com recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), porém, ainda não foi julgado pelo TSE, o que permite que ela continue exercendo o mandato.

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, emitiu em 9 de setembro um parecer no qual defendia a cassação imediata do mandato da senadora e a realização de novas eleições em Mato Grosso para preencher a vaga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Mais


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 20 de setembro de 2019 às 10:17:24
  • 20 de setembro de 2019 às 09:33:50