https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/09/carrossel-fifa-the-best.jpg

FUTEBOL INTERNACIONAL

Van Dijk, Messi ou CR7: quem leva o Fifa The Best?

Arte: Infoesporte

O mundo vai conhecer nesta segunda-feira quem foi o melhor jogador da última temporada com a chancela da entidade máxima do futebol. O Fifa The Best será entregue a Van Dijk, Messi ou Cristiano Ronaldo em cerimônia no Teatro alla Scala, em Milão, na Itália, a partir das 14h (de Brasília) – o GloboEsporte.com e o SporTV transmitem ao vivo.

A festa será guiada por Ruud Gullit, ex-jogador holandês e ídolo do Milan, e Ilaria D’Amico, famosa apresentadora italiana do canal “Sky Sport”. E vai premiar, obviamente, outros tantos vencedores ao longo da noite, incluindo a melhor jogadora, os melhores treinadores (categoria masculina e feminina) e o golaço do ano (Puskás).

Quem merece ganhar o prêmio de melhor do mundo Fifa The Best 2018/19?

Quem merece ganhar o prêmio de melhor do mundo Fifa The Best 2018/19?
Messi concorre em duas vias. O craque do Barcelona busca o inédito Prêmio Puskás pela obra-prima por cobertura anotada contra o Betis e o que seria o seu sexto título de melhor do mundo.

Desde 2007, ele e/ou Cristiano Ronaldo figuraram entre os três primeiros em todas as edições. O português ficou fora do pódio em 2010, e o argentino, em 2018, quando o croata Modric acabou com a sequência de 10 anos da dupla no lugar mais alto.

O GloboEsporte.com transmite o Fifa The Best a partir das 14h (de Brasília) com apresentação de Gustavo Villani e comentários de Roger Flores e Victor Canedo

Os três melhores do mundo desde 2007

Ano Primeiro Segundo Terceiro
2007 Kaká Messi Cristiano Ronaldo
2008 Cristiano Ronaldo Messi Fernando Torres
2009 Messi Cristiano Ronaldo Xavi
2010 Messi Iniesta Xavi
2011 Mesi Cristiano Ronaldo Xavi
2012 Messi Cristiano Ronaldo Iniesta
2013 Cristiano Ronaldo Messi Ribéry
2014 Cristiano Ronaldo Messi Neuer
2015 Messi Cristiano Ronaldo Neymar
2016 Cristiano Ronaldo Messi Griezmann
2017 Cristiano Ronaldo Messi Neymar
2018 Modric Cristiano Ronaldo Salah

Pontos fortes

Van Dijk é uma séria ameaça a repetir tal feito. O holandês chega com certo favoritismo depois de ter sido eleito o melhor jogador do ano para a Uefa, numa eleição com critérios distintos da Fifa, mas ainda assim com quase 100 pontos de vantagem para Messi, o segundo colocado. Seria o segundo zagueiro a ganhar o prêmio após o italiano Fabio Cannavaro em 2006.

Um dos destaques do Liverpool, Van Dijk ganhou a Liga dos Campeões, foi vice da Liga das Nações com a Holanda e acabou escolhido o melhor jogador do renomadíssimo Campeonato Inglês. Ele ainda ficou incríveis 65 jogos seguidos sem ter sido driblado em campo – sequência que acabou em agosto.

Embedded video

Messi tem os números a seu favor. Ninguém marcou tantos gols quanto ele – e talvez como ele. Foram 54 em 56 jogos (média de 0,96), além de contribuir com 19 assistências por Barcelona e Argentina. No Espanhol, foram 36 gols, o que lhe rendeu a sexta Chuteira de Ouro na carreira. Na Liga dos Campeões, 12 – também foi o artilheiro.

Até a volta da semifinal da Champions, inclusive, a sensação era de que o prêmio seria barbada tamanho era o nível de atuações. Mas o Barcelona acabou eliminado para o Liverpool, foi vice da Copa do Rei e ganhou “apenas” o Espanhol. Na Copa América, o camisa 10 não foi bem e viu sua seleção acabar em terceiro.

Por Portugal, quatro jogos e três gols, todos eles na semifinal da Liga das Nações contra a Suíça. Sua seleção seria campeã na decisão diante da Holanda.

Rapinoe, favorita entre as mulheres

Entre as mulheres, duas americanas e uma inglesa concorrem ao prêmio em que a brasileira Marta é recordista, com seis conquistas. A favorita Megan Rapinoe, campeã, artilheira e melhor jogadora da Copa do Mundo, disputa com a compatriota Alex Morgan e a britânica Lucy Bronze. Entre as goleiras, as finalistas são a chilena Christiane Endler, a holandesa Sari Van Veenendaal e a sueca Hedvig Lindahl.

Na categoria de técnicos de equipes femininas, duas mulheres disputam com um homem. A favorita é Jill Ellis, bicampeã da Copa do Mundo à frente dos Estados Unidos. Disputa com a holandesa Sarina Wiegman, da seleção de seu país, e Phil Neville, comandante do English Team.

Pacote completo: Megan Rapinoe com o troféu da Copa do Mundo Feminina, a Bola de Ouro e a Chuteira de Ouro — Foto: Reuters
Pacote completo: Megan Rapinoe com o troféu da Copa do Mundo Feminina, a Bola de Ouro e a Chuteira de Ouro — Foto: Reuters

O Brasil deve ser coroado entre os melhores goleiros masculinos, afinal, Alisson, do Liverpool, e Ederson, do Manchester City, estão entre os indicados com o alemão Ter Stegen, do Barcelona. Alisson é o favorito.

Alisson venceu o prêmio de melhor goleiro da Europa, agora quer o da Fifa — Foto: REUTERS/Eric Gaillard
Alisson venceu o prêmio de melhor goleiro da Europa, agora quer o da Fifa — Foto: REUTERS/Eric Gaillard

E o Puskás?

No Puskás, três grandes candidatos em diferentes estilos. O húngaro Daniel Zsóri anotou uma bicicleta pelo Debreceni; o colombiano Juan Quintero fez um lindo gol de falta com pouco ângulo pelo River Plate; e o argentino Messi encobriu o goleiro do Betis pelo Barcelona.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 23 de setembro de 2019 às 15:31:50