https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/09/9c8fb60c1c1f7d074cceb60594a4f878.jpg

FÉ E TRADIÇÃO

Fiéis às ruas em procissão ao padroeiro Bom Jesus de Cuiabá

Gustavo Duarte

Com velas nas mãos e corações acesos pela fé, centenas de fiéis caminharam pelo Centro de Cuiabá na noite de domingo (29), em procissão pelo padroeiro da capital mato-grossense, o Senhor Bom Jesus de Cuiabá. Neste ano, a primeira-dama Márcia Pinheiro foi a rainha da festa e esteve à frente da procissão, acompanhada do prefeito Emanuel Pinheiro.

“O manto na casa do prefeito tem o significado de que, o prefeito, segundo nossas crenças católicas, é o pai do nosso povo e ninguém melhor do que o próprio padroeiro da cidade para ungi-lo com suas bênçãos, para que ele possa cuidar com carinho, amor e paternidade da nossa população cuiabana”, explicou o Padre Edmilton, responsável pela celebração da missa dos festejo.

O momento foi um resgate da tradição cuiabana por meio da fé no padroeiro da capital, como bem lembrou o prefeito de Cuiabá.

A missa na catedral de Cuiabá teve início por volta das 17h. Na ocasião, o prefeito Emanuel Pinheiro devolveu o manto ao Senhor Bom Jesus de Cuiabá, depois de mantê-lo em sua residência durante todo o mês de setembro.

Vestida com o manto de rainha dos festejos, a primeira-dama contou emocionada a graça alcançada com a interseção do santo padroeiro e parabenizou os festeiros pela dedicação na realização da festa.

O estabelecimento da data de realização da Festa do Senhor Bom Jesus de Cuiabá no último domingo do mês de setembro de cada ano se deu em 2017, quando o então deputado estadual Emanuel Pinheiro propôs um projeto de lei instituindo a data no calendário de eventos de Mato Grosso.

Também participaram da missa e da procissão, o senador Jayme Campos, a prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos, o ex-governador Júlio Campos, a mãe do prefeito, Maria Helena de Freitas Pinheiro, e o filho Elvis Pinheiro, além da comunidade da região.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *