https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/10/WhatsApp-Image-2019-10-02-at-16.17.03-1.jpeg

MORTE A PEDRADAS

DHPP faz diligências em terreno onde Marcelo Ferraz foi morto a pedradas

Mato Grosso Mais

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP), realizou, na tarde desta quarta-feira (02), diligências no local da morte do jornalista Marcelo Leite Ferraz, de 38 anos, assassinado no último sábado (28), em Cuiabá.

A ação foi conduzida pelo delegado Fausto Freitas, com a presença do suspeito John Lennon da Silva, acusado de ter matado o profissional de imprensa com golpes de pedra na região da cabeça. O acusado auxilia os investigadores com informações relacionadas ao dia do crime.

A  pedra usada na morte do jornalista permanece no local. A polícia acredita na possibilidade de localizar um documento que seria pertencente à vítima.

O lugar onde o corpo de Marcelo foi localizado é em um terreno próximo ao viaduto da avenida Miguel Sutil com a Avenida Historiador Rubens de Mendonça (Avenida do CPA), mais precisamente nos fundos da antiga casa de shows “Queda D’água”, na região do Bosque da Saúde.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 3 de outubro de 2019 às 13:30:59
  • 3 de outubro de 2019 às 13:27:43