https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/08/viatura-PM-sirene-e1519421693475-785x466-1.jpg

RELAÇÕES PERIGOSAS

Suspeito de atear fogo na casa da ex-companheira é preso em MT

Divulgação

Um homem acusado de atear fogo na casa da ex-companheira, no município de Barra do Bugres (167 km a Médio Norte de Cuiabá), foi preso pela Polícia Judiciária Civil na manhã desta terça-feira (01.10), em ação para cumprimento de mandado de prisão.

W.S.C. de 20 anos, teve a ordem judicial de prisão preventiva decretada pela juízo da Comarca local, pelo crime de incêndio no âmbito da lei de violência doméstica e familiar.

O crime ocorreu na noite do dia 19 de setembro, ocasião em que W.S.C. provocou o incêndio na casa onde a vítima residia com sua mãe.

O fogo se alastrou rapidamente, queimando toda a residência de madeira, que tinha três cômodos (quarto, cozinha, banheiro e área de serviço). No momento do crime não havia ninguém no imóvel.

Conforme apuração da polícia, o suspeito teve um relacionamento amoroso com a vítima por cerca de quatro anos.

Porém, a mulher era constantemente agredida pelo companheiro, que além de puxões de cabelo e enforcamento, cometia violência psicológica, humilhando a mesma diante de outras pessoas.

Ainda segundo relatos da vítima, por não aceitar o fim do relacionamento, o ex-companheiro passou a persegui-la e a ameaçava sempre dizendo que atearia fogo na casa, e se fosse preso, quando saísse da cadeia, a mataria.

Durante investigação, a Polícia Civil conseguiu identificar uma testemunha, que afirmou ter ouvido o barulho da moto do suspeito se aproximando, e logo em seguida, as chamas se espalharam pela casa.

De acordo com o delegado de Barra do Bugres, Renato Resende do Nascimento, assim que foram comunicados sobre o caso, os policiais civis iniciaram diligências para investigar a ocorrência.

Diante das provas e indícios de autoria, o delegado representou pela prisão preventiva do suspeito, no âmbito da Lei Maria da Penha, deferida pela Justiça.

Com o mandado de prisão expedido, os investigadores conseguiram localizar W.S.C. em uma rua que fica aos fundos de uma escola do município.

Após ser detido, o jovem foi conduzido à Delegacia de Barra do Bugres para providências cabíveis, sendo posteriormente levado para a Cadeia Pública local, onde ficará à disposição da Justiça.

“Está é mais uma resposta rápida da Polícia Civil de Barra do Bugres, com intuito de manter a paz e tranquilidade no meio social, sobretudo quando o fato envolve violência doméstica e familiar contra a mulher, que se encontra em situação de vulnerabilidade, merecendo proteção da sua dignidade”, destacou o delegado Renato Resende do Nascimento.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 2 de outubro de 2019 às 19:27:38
  • 2 de outubro de 2019 às 13:15:22