https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/08/Energia-Solar.jpg

SUSTENTABILIDADE

Cresce uso de energia solar no agronegócio brasileiro

MDA

A energia solar fotovoltaica está cada vez mais presente em propriedades rurais. Somente no primeiro semestre de 2019, foram produzidos 32.963kWp, o que representa cerca de 86% do total gerado durante o ano todo em 2018. Os dados são da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Isso porque os custos com energia elétrica para o agronegócio são altos e correspondem a uma parcela significativa nos investimentos da produção. Com a energia solar, a redução no valor gasto com esse insumo faz com que atividades que demandam muita eletricidade custem menos no bolso dos produtores rurais. Essa economia traz mais liberdade para que esses processos sejam realizados em larga escala.

Além disso, gerar a própria energia é uma ótima alternativa para não sofrer com as instabilidades que ocorrem nas zonas rurais, deixando os produtores menos dependentes do fornecimento das redes de energia convencionais.

Um exemplo é numa fazenda autossuficiente em energia no município de Catalão (GO) que, com a implementação de seis usinas, cada uma com potência de 50 kWp, vai gerar uma economia de energia no período de 25 anos de R$ 3.742.500.

Outra fazenda, na cidade de Rio Verde (GO), conta com a instalação de três usinas com potência de 277,95 kWp, que vai permitir uma economia cerca de R$ 3.907.500 em 25 anos.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *