https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/10/JPC_5383_A3P.jpg

RECICLAGEM

Secretaria amplia projeto de reciclagem de descartáveis

Jana Pessôa/Setasc-MT

A parceria entre a Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc-MT) e a Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Mato Grosso Sustentável (Asmats) para a execução do programa A3P, do Ministério do Meio Ambiente, foi ampliada e atenderá também as secretarias adjuntas de Direitos Humanos  e de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon).

A iniciativa, que consiste na coleta seletiva do material de expediente descartado nas unidades da Setasc, é executada desde o início do ano e está alinhada com a Agenda Ambiental na Administração Pública. A Pasta fica responsável pela coleta seletiva e o acompanhamento dos resultados.

Enquanto isso a Associação realiza o recolhimento e o processo de reciclagem. Em cada sala da Secretaria foi colocada uma caixa coletora com o slogan ‘Nem tudo é lixo’ para incentivar os profissionais a realizarem o descarte de todos os resíduos sólidos de papel. Dessa forma, o material recolhido semanalmente chega em melhores condições de ser reaproveitado pelos trabalhadores da associação.

A A3P é um programa do Governo Federal para estimular os órgãos públicos do país a implementarem práticas de sustentabilidade.

De acordo com a titular da Setasc, Rosamaria de Carvalho, a iniciativa visa ainda proporcionar uma melhoria financeira para quem dependem da doação dos materiais, gerando inclusão social e econômica para as mais de 46 famílias afiliadas da Asmats. “Também queremos incentivar e externar a importância da reciclagem, que reflete na redução do lixo e estimula a preocupação com o meio ambiente”.  Conforme ela, a intenção é que as pessoas se sensibilizem da necessidade do trabalho em conjunto e espontaneamente tomem atitudes mais sustentáveis.

Recicláveis

A Associação de Catadores de Materiais Recicláveis de Mato Grosso Sustentável informa que são consideráveis papéis recicláveis os seguintes materiais: papelão, jornal, revistas, papel de fax, papel cartão, envelopes, fotocópias e impressões em geral. Por outro lado, não são considerados recicláveis: papel higiênico, papel toalha, fotografias, papel carbono, etiquetas e adesivos.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *