https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2017/03/reitora-da-ufmt-myrian-serra-tem-discreta-melhora-em-uti.jpg

EM 2019

UFMT pagou R$ 192 milhões por contratos sem licitação

Divulgação

A Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), sob o comando da reitora Myrian Serra, utilizou a dispensa de licitação em 95,83% das contratações feitas ao longo deste ano.

Dos pouco mais de R$ 202 milhões de contratos firmados, R$ 193 milhões foram de forma direta.

Os dados estão disponibilizados no Portal Transparência do Governo Federal.

O portal traz, também, as somas das contratações realizadas por pregão, que totalizam R$ 4 milhões (1,98%); pregão – registro de preço, que passam de R$ 3,4 milhões (1,68%); as por inexigibilidade de licitação, que totalizam R$ 911 mil (0,45%); e as feitas por tomadas de preço, cujo total é de R$ R$ 106 mil (0,05%). As informações são do Midianews.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *