https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/10/a42f8cbcf38943e231b9768b566d58f9.jpg

18 DE NOVEMBRO

Prefeito anuncia data de inauguração da última etapa do HMC

Divulgação

A inauguração da sexta e última etapa do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) acontecerá no dia 18 de novembro. A data foi definida durante reunião entre o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, e o presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Neurilan fraga, na terça-feira (22). Na ocasião, também ocorre o Encontro Municipalista, no qual a última entrega do hospital foi incluída.

De acordo com Pinheiro, a entrega definitiva faz parte de um momento histórico para o estado e, por este motivo, a participação dos prefeitos e secretários de Saúde dos municípios é extremamente relevante. “Em reconhecimento à importância do HMC para a Capital e para todo Mato Grosso, concordei e adiamos em uma semana a inauguração, o que não causará nenhum prejuízo”, diz.

A partir da data anunciada, o Hospital passará a operar com 100% da sua capacidade, atendendo também como Pronto Socorro. Diante disso, o prefeito destaca que a unidade acolherá cidadãos de vários municípios, como hoje já acontece no Pronto Socorro Municipal (PSM). “Com a entrega definitiva poderemos oferecer aos pacientes recursos tecnológicos e corpo clínico atuando em sua plenitude.”

Já estão em funcionamento na unidade o ambulatório, 180 leitos clínicos com equipamentos de última geração, 40 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), farmácia satélite e o parque tecnológico de imagens, com serviços de ultrassonografia, endoscopia, colonoscopia e radiografia. No dia 30 de agosto Pinheiro entregou o Centro de Tratamentos de Queimados (CTQ).

Para Neurilan, a inauguração é um marco na vida política e na saúde pública de Mato Grosso. “Gostaria de agradecer a sensibilidade do prefeito em colocar a inauguração na programação da AMM. É a maior obra de saúde do estado e sua entrega contará com a presença das bancadas Federal e Estadual, de vereadores e inúmeras autoridade. O Estado quer fazer parte deste marco histórico na saúde de Mato Grosso, que, para nós é fundamental.”

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 23 de outubro de 2019 às 15:47:15
  • 23 de outubro de 2019 às 15:37:58