https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/07/PRESIDENTE-PDT.png

INVESTIGAÇÃO CONTRA EMANUEL

“Se não devem, não há o que temer”, diz presidente do PDT sobre CPI

Reprodução

O presidente do Partido Democrático Trabalhista (PDT) de Cuiabá, maestro Fabrício Carvalho, deu declarações no que diz respeito à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Paletó. Ao Mato Grosso Mais, ele afirmou aos que são ouvidos, “se não devem, não há o que temer”.

De acordo com presidente, toda investigação é relevante para o bem da sociedade e toda pessoa que ocupa um cargo público deve estar preparada para qualquer tipo de questionamento.

“Nós temos que tomar cuidado entre o bem e o mal até porque é uma questão que envolve dinheiro público. É importante que a gente tenha clareza de quem está ali, foi escolhido pelas pessoas e nós como cidadãos temos todo o direito de saber mais sobre qualquer coisa”, disse.

O maestro ainda fez um alerta sobre as CPIs, que de acordo com ele, tem um papel fundamental e que os investigados não devem se deixar por vaidades, quando colocados sob estas condições.

“Aqueles que estão ali sendo ouvidos, fiquem tranquilos em relação à investigação. Se não tem nada a dever, não precisa temer. A população tem todo direito de saber o que aconteceu e a Justiça é quem vai dizer se tem ou não problema”, explicou.

Investigações

A CPI do Paletó foi suspensa novamente desde o dia 15 de outubro por decisão da desembargadora Helena Maria Bezerra Ramos, do Tribunal de Justiça. Os trabalhos ficam suspenso até o que o mérito de apelação seja julgado pelo TJ.

A comissão pretende investigar uma suposta obstrução das investigações por parte do prefeito com a ajuda do ex-secretário de Estado Alan Zanatta.

Veja o vídeo

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 25 de outubro de 2019 às 15:58:06