https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/11/viatura-PM-sirene.jpg

EM DIAMANTINO

Dono de autoescola suspeito de matar dois clientes é preso em Mato Grosso

Reprodução

O dono de uma autoescola Paulo Henrique Burin, de 49 anos, se entregou à polícia nesta segunda-feira (04).

O empresário é suspeito de ter matado dois clientes, no dia 25 de outubro, durante uma discussão em sua empresa, em Diamantino (209 km de Cuiabá).

O suspeito foi até a delegacia acompanhado de um advogado e foi encaminhado à cadeia pública da cidade.

As vítimas são Eldes Fernando dos Santos, de 22 anos, e o cunhado dele Thiago Luiz da Silva Campos, de 37 anos.

De acordo com a Polícia Militar, Eldes tirou a habilitação na autoescola e foi até o local acompanhado do cunhado e advogado Thiago para cobrar a carteira definitiva.

As vítimas e o proprietário começaram a discutir na frente do estabelecimento.

Na sequência, Paulo convidou Eldes e Thiago para entrar na autoescola e lá dentro efetuou vários disparos.

As vítimas não resistiram e morreram no local do crime.

Segundo o irmão de Thiago, Vitor Campos,  o dono da empresa cobrava um valor indevido para liberar a carteira de habilitação definitiva de Eldes, e Thiago foi acompanhá-lo para tentar resolver a situação.

Após o crime, o suspeito fugiu do local e se entregou 12 dias depois.

Paulo Henrique deve responder por duplo homicídio qualificado.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 5 de novembro de 2019 às 21:59:19