https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2019/11/Paiaguas-1.jpg

NESTA QUARTA-FEIRA

Derrubada de vetos pela Assembleia Legislativa deixa clima tenso no Palácio Paiaguás

Secom-MT

O clima na sede do Governo do Estado, nesta quarta-feira (27), é de muita tensão após o Palácio Paiaguás tomar conhecimento que a Assembleia Legislativa ignorou os apelos do governador Mauro Mendes (DEM) e derrubou dois dos quatro vetos que tratam do Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Mato Grosso (Prodeic), cuja lei foi votada e aprovada pelos deputados estaduais em julho deste ano e sancionada pelo Governo no mesmo mês.

Mauro Mendes, ainda ontem, mandou um áudio, via whatsapp, aos deputados onde expôs sua preocupação com a possibilidade dos vetos serem derrubados.

O chefe do executivo estadual alegou prejuízos gigantescos para Mato Grosso se isso ocorresse.

A derrubada dos vetos ocorreu na sessão desta quarta-feira (27) na Assembleia Legislativa.

Segundo o deputado Dilmar Dal’Bosco (DEM), líder do Governo, os pares derrubaram um dos vetos que pode trazer problemas ao caixa do Estado.

“Fica na consciência de vocês. Isso vai trazer consequências para Mato Grosso essa decisão que está na mão de vocês. Não tem a menor lógica fazer isso. Isso vai prejudicar muito nosso programa de incentivos fiscais e trazer benefícios para quem não merece e vai beneficiar grandes sonegadores no Estado de Mato Grosso”, disse Mendes no áudio encaminhado aos deputados.

O resultado foi 13 a 8 e 12 a 8, respectivamente. Os votos foram secretos, dificultando identificar quais os deputados que não seguiram o encaminhamento feito pelo Governo.

“Eu fiz minha parte, pedi, apelei, mas os deputados não atenderam. Além do prejuízo financeiro para o Estado, isso vai gerar um transtorno muito grande para a Casa. Uma das saídas que eu vejo é a judicialização”, disse Dilmar, em entrevista ao Rdnews.

(Com Midianews/Rdnews)

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO

  • 28 de novembro de 2019 às 08:07:58