https://matogrossomais.com.br/wp-content/uploads/2018/06/sorriso-14-1.jpg

Polícia Civil conclui ano com 400 inquéritos remetidos à Justiça

PJC-MT

A Polícia Judiciária Civil dos municípios de São Félix do Araguaia (1.200 km a nordeste de Cuiabá) e Alto Boa Vista (1.059 km a nordeste de Cuiabá), finalizou o ano com 400 inquéritos instaurados e encaminhados à Justiça.

Integrantes da Delegacia Regional de Vila Rica, as duas unidades policiais efetuaram cerca de 100 prisões e realizavam mais de 1.000 oitivas, entre outras providências.

A Delegacia de Polícia de Alto Boa Vista, responsável pelas ocorrências registradas no município de Novo Santo Antônio, possuía um passivo de aproximadamente 245 procedimentos administrativos, entre inquéritos, termos circunstanciados, boletins circunstanciados e autos de investigações preliminares, sendo somente neste ano, instaurados 117 inquéritos, dentre eles, 44 decorrentes de prisões em flagrante. Além disso, 106 inquéritos foram concluídos e encaminhados à Justiça.

Conforme a delegada responsável pelos municípios, Ana Carolinne Mortoza Lacerda Terra, o balanço dos últimos meses demonstrou que a Polícia Civil de Alto Boa Vista realizou mais de 500 oitivas, apreendeu seis armas de fogo, efetuou 98 prisões, bem como foi representou por cinco pedidos judiciais de prisões e buscas e apreensões, além de mais de 20 medidas protetivas requeridas ao Judiciário, dentre outras atuações.

A Delegacia de São Félix do Araguaia, responsável pelas ocorrências de São Félix do Araguaia, Luciara e o distrito de Espigão do Leste, possuía um número de procedimentos administrativos remanescentes, em torno de 510, sendo que foram instaurados 224 inquéritos, dentre eles 91 iniciados por prisões em flagrantes e 275 inquéritos remetidos para a Justiça com cópia ao Ministério Público, devidamente concluídos.

O fechamento da produtividade demostrou ainda que foram efetuadas 1.135 oitivas, 125 prisões, 21 armas de fogo apreendidas, 49 medidas protetivas envolvendo violência doméstica solicitados, além de 13 representações judiciais por prisões, buscas e apreensões.

A delegada de polícia Ana Carolinne Terra salientou que nos últimos seis meses a realização de quatro operações policiais na região. Paralelamente ao trabalho de combate à criminalidade, os policiais civis também participaram de ações de cunho social, como o Projeto Araguaia Cidadão, do Tribunal de Justiça do Estado, que ocorreu em Luciara, São Félix e Novo Santo Antônio.

“A Delegacia de Polícia de São Félix do Araguaia está realizando o projeto Fim de Ano Solidário, com a arrecadação até o dia 28 de dezembro, de roupas, calçados, brinquedo, alimentos não perecíveis, que serão doados no último final de semana do ano para crianças e pessoas carentes”, explicou Ana Carolinne.

A delegada destacou ainda o empenho das equipes das Delegacias de Alto Boa Vista e São Félix do Araguaia que vêm realizando de trabalho exaustivo, com o objetivo de concluir inquéritos e outros procedimentos investigativos, relacionados a crimes de diversas naturezas, praticados nos municípios de Alto Boa Vista, Novo Santo Antônio, São Félix do Araguaia, Luciara e no distrito de Espigão do Leste.

“Para chegar ao principal objetivo da gestão, foram realizados vários mutirões no decorrer dos últimos seis meses, os quais contaram com o apoio das Câmaras Municipais das respectivas localidades, que cederam o espaço para a realização dos trabalhos, bem como da Polícia Militar, que por diversas vezes esteve presente prestando auxílio”.

As atividades integradas foram essenciais para finalização de diversos inquéritos, TCO’s e demais procedimentos administrativos, e de extrema importância, em especial, às localidades que não mais contam com a presença diária da Polícia Civil, como Novo Santo Antônio, Luciara e Espigão do Leste.

“Foi um empenho que demonstrou a firmeza, a garra e a dedicação que a Polícia Civil tem, com profissionais guerreiros e responsáveis, fazendo o diferencial”, parabenizou Ana Corolinne Mortoza.

A sociedade pode colaborar com a Polícia Civil em São Félix do Araguaia com denúncias, garantido o sigilo das informações, pelos telefones (66) 98414-7161 e (66) 3522-1115.

Veja Mais

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *